55 comentários a “João Nabais calou o ódio”

  1. Falou de um facto muito importante, sim. Parece me, no entanto, que a intervenção da sara acrescenta informação muitíssimo relevante. Bem mais.

  2. Por outro lado:
    “Eu não digo que ele não seja culpado de tudo o que o acusam”
    “Podiam acusá-lo e prendê-lo por fraude fiscal, mais tarde tratavam dos outros crimes, não prescrevem”
    “Estou convencido de que é culpado… a ficha de deputado estava rasurada”
    Pacheco Pereira naquilo do circulo, em Março de 2017.

  3. A total impunidade como mais uma vez se chafurdou ali nas alegadas declarações do Bataglia – que nesta fase nem a Defesa conhece – também diz muito do estado do nosso Estado de Direito Democrático. Siga o julgamento popular. Até porque é completamente impossível perceber quem é que continua a conduzir o inquérito nos media a seu belo prazer.

  4. Os jornalistas – Ines, Sara, Micael e principalmente o coiso substituto do Costa – ficaram atrapalhados,
    Atão a gente convida este gajo para vir à TV e o gajo não diz o que a gente quer ???? Ganda bronca !
    Não foi mau. O momento valeu a pena

  5. Eduardo J

    Alguém devia dizer ao Pacheco que “os outros crimes” também prescrevem.
    Por exemplo a corrupção passiva para acto lícito são 10 anos … e por Vale de Lobo já não acusam ninguém, nem Armando Vara, nem Barroca, nickles … prescreveu!
    E já agora, a OPA da SONAE fez 10 anos agora em Março … ardeu … puf… portanto …coiso …
    Também não tinham por onde acusar senão tê-lo-iam feito antes de … puf … arder …
    Mas o que é incrível é que NINGUÉM fala disso. Ninguém reparou ?

  6. O momento JOÃO NABAIS no Expresso-Coiso foi sublime.
    Muito obrigada !
    Finalmente alguém disse o que quero dizer há muito … só que eu não tenho direito a microfone.

  7. Zangam-se as comadres, sabem-se as verdades…
    http://observador.pt/2017/03/17/mp-coloca-em-causa-o-papel-da-autoridade-tributaria-na-operacao-marques/

    Ia juntar mais uns recortes para ajudar os mais renitentes a adivinhar, com muita paciência, o que é o núcleo do Marquês, o tal âmago da acusação amibóide fantasmática que lá vai conseguindo sobreviver na forma ectoplásmica, através de sucessivas convocações mediúnico-mediáticas, sem ter de encarnar sob formato algum (e de revelações como aquela do detective Pacheco sobre — pasme-se — a criminosa ficha rasurada do prof. Moriarty quando ele passou pela AR)…

    Mas acho que esta magnífica peça de Felícia Cabritolas, a famosa repórter-estrela que sensacionalmente entrevistou o estrangulador de Lisboa e sobreviveu, já mostra a novíssima aquisição, o essencial do Santo dos Santos em segredo de justiça do Processo Marquês, finalmente revelado sob o enorme título de capa «NOVAS ESCUTAS PROVAM GESTÃO CRIMINOSA NA CGD». Palmas para a escuta (ilegal) extraída da processo-montanha-russa Face Oculta que vai enterrar o Napoleão do Crime! Ei-la aqui:
    https://sol.sapo.pt/artigo/554037/novas-escutas-provam-gestao-criminosa-na-cgd

    “Na escuta em questão, registada a 14 de julho de 2009, Vara diz ao secretário de Estado Laurentino Dias que «o chefe [Sócrates] deve dar um conforto, porque sabe o peso que isso tem do outro lado de lá [na Caixa], ou então o ministro das Finanças». E adiante concretizava que deveria ser «o gabinete do primeiro-ministro ou até o próprio primeiro a dizer ao Bandeira para meter lá os 10 milhões». A conversa dizia respeito ao Autódromo do Algarve e, segundo o MP, mostra que as intervenções de Sócrates junto da Caixa eram consideradas ‘normais’.”

    Não é tão divertido? :^D

    Depois das severas repreensões aos «juízes socratistas», depois do conto das cabras e cabritos por um senhor juiz não sei de onde, ouvi há alguns dias na tv a estória do lobo e dos três porquinhos que alegra a rapaziada do sindicato não sei de quê, e fiquei com a impressão de estar a ler uma novela humorística do Fredric Brown! Ainda por cima com as tramóias desmontadas com precisão cirúrgica por uma personagem tão característica, inteligente e mortífera nas suas desmontagens como o causídico Araújo!…

    Ha! Ho! Hum! De boca aberta espera o basbaque o pudim: «Basta de elogios ao magnífico pudim! Não sei se o pudim é bom! Venha o pudim!

    Mas o pudim não vem…

    Entrementes, lá saiu mais um «culpado» da pildra, para nos lembrar do que foi o processo Casa Pia e do que é que a justiça neste país de tontos.

  8. Jasmin

    Finalmente alguém disse o que quero dizer há muito … só que eu não tenho direito a microfone.”

    AINDA BEM que não tem o direito a microfone…A sua ASNEIRA é tanta …

  9. Ou seja…depois de ouvirem a peça, NINGUÉM dos de cima CONSEGUE concluír o que por diversas vezes aqui tenho falado!!

    PROCEDIMENTOS! BATOTICE do MP.
    INTERPRETAÇÕES ALARVES EM MATÉRIAS QUE PODEM PRIVAR DA LIBERDADE.
    ALARVIDADE dos MEDIOTAS….
    E agora,
    VIOLAÇÃO EM DIRETO DO SEGREDO DE JUSTIÇA PELA JORNALISTA DA SIC…

    Mas..claro, não há paciência nem tempo televisivo para comentar as asneiras dos mediotas, por isso, intervenções de JNabais devem ser entendidas nesse contexto, limitando-se a chamar BURROS aos que ali estavam…yawn

  10. No entanto, percebe-se que o MP está a investigar exaustivamente, e quer apresentar o “bolo” de uma só vez.

    Devia haver então comunicados mais expressivos do MP e não as “tretas normais”, que muitos não entendem.
    O que resulta é que há até aqui situações que privilegiam de forma batoteira a forma sobre a substância e os ignôncios que apoiam o arguido, conjuntamente com a voz deste que disso se aproveita, apresenta a investigação de forma primordialmente substantiva…e isso pega com os que não sabem destrinçar. Contribui para a confusão e revolta dos mais emocionalmente ligados ao assunto. Está errado.

    O polvo de ligações é grande. Complexo. E berrou tanto e de forma errada que vai ser acusado e de que maneira…e não são os vinte dias que lhe permitirão combater a acusação, a não ser que seja esperto o bastante para defender que oprazo para a abertura de instrução é…meramente indicador…yawn

  11. Além de que algo diz que este procurador está a trabalhar…bem…em termos de investigação…
    Por isso, quando se aperceberam que havia mais,…o libertaram. Claro, corriam o risco de perder processualmente a oportunidade de outra informação, que não podiam utilizar na acusação, se esta fosse deduzida então…

  12. Valupi, não vi mas ninguém te odeia tu é que vives cercado por fantasmas.
    Tu e a troupe do Aspirina B, que somados resultam em meia-dúzia de pândegos que que odeiam várias coisas, a começar, a maior parte das vezes, pela simples decência e de abastecer a capacidade neuronal própria da espécie.

    Eu até te faço uma lista, por hoje:

    Paulo Guerra odeia o Bataglia, de quem presumivelmente nada sabe.
    Eduardo J, e?
    MRocha, mais do mesmo /figuras de, não preciso de me repetir).
    Meirelles, eu que até acho que ele tem cabeça não se cansa de fazer figuras tristes (de nada lhe serve os meus sussurros , nomeadamente).
    FSoares, calúnia.
    DN, disse nada.
    Jasmim, é uma profissional da calúnia à boa maneira do Aspirina B e do que “critica” nos mauzões que varia com o papel de boateira, em ambos os casos, criada por ti.

    Esta é a gente que tu criaste e, pior!, é a que sobra como a guarda-avançada de José Sócrates, Valupi.
    Não te gabo o jeito para as festanças báquicas-aditivas-e-sodomizadas, como sabes, mesmo pensando que terás algum benefício para o fazeres.

    ____

    Nota. No pós-DN, nada de novo mas reina um silêncio vergonhoso. Hoje, nas escolhas possíveis, ainda bem que não trouxeste para aqui a performance do advogado/tasqueiro João Araújo, ontem na RTP 1, que em condições normais nem de um assistente operacional de um gabinete ministerial, ou de um motorista de um ex-PM, acusados por roubar uma galinha ou de riscar o para-choques do carro de um vizinho seria um advogado minimamente recomendável tantas as alarvidades que não se cansa de proferir..

  13. OPINIÃO –EXCLUSIVO INIMIGO

    Senhor procurador, a PT era aquela
    marca de ténis desportivos que patrocinava
    as equipas de futebol, não era?

    Por José Sócrates

    Senhor procurador, não sei porque insiste em
    fazer-me perguntas sobre essa tal de PT. Assim de
    repente lembro-me de ver o logótipo da PT nas
    camisolas do Benfica, do Sporting e do FC Porto e
    por isso não entendo a razão do senhor procurador
    estar a fazer-me perguntas sobre uma marca de
    ténis, quando sabe perfeitamente que eu apenas
    uso sapatos informais da Prada. E também não
    entendo essa insistência em referir o Bataglia. O
    senhor procurador sabe perfeitamente que eu
    não sou do Porto e portanto nunca frequentei o
    Cinema Bataglia, apenas a Cinemateca em Lisboa e
    o Teatro-Cine da Covilhã. E essas perguntas sobre
    o “saco azul do BES” são uma referência ao saco
    azul da Fátima Felgueiras que é mãe da Sandra
    Felgueiras que é amiga do Pedro Dias e com isso
    o senhor procurador está a chamar-me psicopata
    homicida, é isso? Isso é estapafúrdio, senhor juiz
    Carlos Alexandre como a Alexandra Solnado que
    fala com Jesus Cristo e o Alexandre também e por
    isso é demente e toda acusação não passa assim
    de uma cabala. Vara? Qual vara? O salto à vara? Ó
    homem, chiça que é chato, eu já lhe disse que não
    percebo nada de ténis desportivos. VE

    Inimigo Público, 17.3.2017, p. 1

    _____

    Tomem lá, e divirtam-se. Vi ontem que a Jasmim copiou mais um comunicado de estilo merdoso assinado pelo José Sócrates (sem espinhas!) agora sobre a OPA da Sonae; azar o dele porque o ex-PM acho que hoje escreve mais um dos “seus” artigos da “sua” vasta obra literária no DN do seu amigo da Controlinveste. Também não o li mas imagino que será a mesma vergonha anteriormente repetida até à náusea e que acabará por condicionar o racional do MP tantas são as tangas até ao dia que conseguir levá-lo a sentar os costados no banco dos réus: escrito, por outrem presumo.

    Aqui, o comunicado figurada e literalmente Jasminiano: http://aspirinab.com/valupi/estarem-todos-feitos-devia-ser-proibido-diz-este-senhor/#comments

  14. Em tempo, azar o dela (da Jasmim) porque o “azar-.maior” de influencia cósmica não abandonará tão cedo o José Sócrates.

  15. O que o Nabais disse é de uma evidência e simplicidade quase banal, só merece destaque perante a idiotia e completa falta de decência em que se tornou o debate público.

    A Nova Pide, além de uns saudosistas e alguns esquerdistas totalitarios, já não convence ninguém.

    Mete pena o PS, um partido q costumava ser de homens livres, remetido ao silêncio pela pequenez tactica e pusilanimidade do seu líder. Ainda hei-de assistir à recondução da PGR pelo dupla Costa&Marcello ao vivo e a cores. Não falho, adoro circo.

    Começo a convencer-me que isto só vai lá com mais federalismo, não existem cojones para fazer disto um país decente.

  16. municipalismo , Joe , municipalismo… era num instante que virávamos anarquistas , se tivessemos de votar em quem conhecemos de ginjeira . votar assim ao longe , até parece que são uns senhores doutores muito inteligentes para alguns tótós , agora de perto , jasus , não enganavam ninguém :)

  17. Neste pesadelo que dura há anos e anos de ataque a José Sócrates já não tenho paciência e enjoo com excelentes artigos e opiniões que começam com o farisaico :

    – não sei se é inocente ou culpado…

    sobre tudo dito por gente que cursou, praticou ou não a pretensa nobre actividade do Direito e sabe que a presunção de inocência é um dever de formação.

    O respeitável DR. Nabais mais não fez que fazer-se entender de forma clara, ser competente na exposição das suas esclarecidas opiniões de Homem de Direito às direitas.
    É afinal tão simples ser claro, vertical, e honrar a nobre profissão da Advocacia.
    Divino reparo sobre a arrogância da sabedoria impante da rapariguinha que sabe tudo do testemunho bataglia. Só ela – a escolhida.

    Tudo o afã de ajuda ao mp da matilha que ladra raivosa e vai ascendendo a sub-directorias sem cérebro lá vai fazendo do expresso o pasquim mais triste do mercado jornaleiro.
    A sic está convertida em mais uma estação de noticiários da mãnha e opinadores respeitosos da linha editorial obrigatória :
    – também somos mãnha.

    A menina que enregela às portas da operação marquês é clara candidata a qualquer sub-directoria tal como o outro tonto (não sei o nome) que basbaca ao lado dum Nicolau em modo de aguenta que a reforma já vem.

    Foi uma boa semana para o Ex.primeiro Ministro José Sócrates.
    O monturo já embaraça muita gente e, Cavaco, inesperadamente diz uma coisa decente.

    Quanto mais adiam mais se enterram.
    E, naturalmente, o pacheco vai ficando disforme para caber no monstruoso papel de gordo mau a que se dedica.

  18. Diz o Joe Strummer: «Mete pena o PS, um partido q costumava ser de homens livres, remetido ao silêncio pela pequenez tactica e pusilanimidade do seu líder.

    Completo disparate. O PS antigo nem sempre foi um partido de homens livres — lembro-me bem dos «homens livres» do PS aos saltos nas barricadas e aos gritos aos microfones mediáticos da época, à compita com os comissários cunhalistas, durante a inventona de 28 de Setembro de 1974. E o virtuosismo com que o seu actual líder soube evitar as armadilhas que lhe foram sucessivamente estendidas pelos manipuladores de títeres da Operação Marquês, é simplesmente exemplar. Como tem sido, aliás, a evolução da esquerda portuguesa rumo a horizontes menos politicamente analfabetos, ao invés da desgraçada direita, cada vez mais frustrada e saudosista…

  19. Meirelles, não digas bacoradas e sai desse buraco que não se percebe exactamente de quem falas.
    Acho que querias meter aqui à marretada a herança de Mário Soares e, tal e qual num passo de mágica, passares para o endeusamento de José Sócrates. Esqueces-te que, para o fazeres, terias de argumentar bastante e vires à luta atée dares a pele para seres bem sucedido nessa tua missão políitica.

    Isso é ao jeito de uma Bimby política. Se quiseres voltar a sério ao assunto eu qu queria entrar nessa discussão, inscrevo-me já.

  20. o zézito só para secretário porque o baixinho deu nega. lembro-me perfeitamente das conversas na altura , entre eles , todos lixados porque o vitorino não queria. foi segunda escolha , porque , apesar do narigão , achavam que tinha boa figura. um produto para consumo , todo fabricado. mas pior do que ele ainda foi este último do psoe , que horror , parecia de plástico. junk food , junk politics , junk books … estamos fritos :)

  21. yo, o ponto é que o Meirelles teria de penar bastante até chegar ao curto período em que José Sócrates ocupou o lugar de líder do PS e, por consequência, o lugar de PM. E teria de penar através da referência a “ciclos” e personagens até agora desconhecidos devido à sua desistência, ou por falta de comparência, que estariam politicamente bem marcados após aquelas cenas arenosas sobre as células de fábrica que ele, sendo presumivelmente mais velho. experimentou atirar para o ar para assustar e confundir o Joe Strummer.

    Como disse, eu por mim estou na luta.

  22. De acordo, e a sic-expresso do mano costa que morre de raiva pelo mano chegar mais alto que ele tal como os pachecos relativamente a Sócrates, para além do tio balsemão andar aflito por não poder mamar na teta de um governo psd, dizia eu, aquele duo anda a preparar passo a passo a recepção da chegada do “diabo” que passos reivindica.
    O pulha e oportunista corrupto jmt que vende a opinião a quem der mais ou o faça trepar na vida já deu o mote para as tropas às ordens e interessadas iniciarem o pedido de explicações acerca de como o homem, não obstante ser um quase deus do mal, nunca teria a omnipotência e omniscisência para planear, organizar e executar e comandar tamanha rede de ligações, relações, organizações e operações tão secretas que nunca a polícia, a GNR, a PJ nem o MP ninguém deu por tal por nada enquanto operava. E portanto teria necessariamente de ter havido cúmplices. Onde?
    Se se descansarem e não olham para o andar da carruagem vão ser todos imolados no altar da “justiça” à moda do mata e esfola.

  23. Vamos lá a ver se se entende o óbvio, o que o dr.João Nabais disse foi o que seria de esperar de um advogado, ninguém esperaria ouvir outra coisa que o de defender a condição de «constituinte», todos os advogados dizem o mesmo de forma diferente, que a justiça é lenta e que a paciência tem limites para a morosidade da conclusão dos inquéritos. Um santo ou diabo também se revoltariam com a morosidade para a sua condenação ou canonização não fosse o pau ficar carunchoso ou a fogueira eterna apagar-se. (chiça penico!) Os indiciados mais mediáticos que o digam, acabam sempre semi ou totalmente acusados na praça pública de forma mais ou menos conivente e descarada por quem tem permissão de ter voz pelos donos disto tudo dos Media, os pândegos SICutas, Orelhacus, Donas Coisinhas e Bocarras de Servidão do Regime armados em justiceiros, esses cães danados disto tudo dando valentes ferroadas seguindo a voz de comando do dono, às 5ªas ou às que tiverem de ser. O pagode idiota cá estará para pagar e a dobrar os biliões dos esfumados roubos consentidos sem sentido de estado e respetivas faturas da anémica hibernada Justiça, batendo palminhas e pedindo mais uns selfi beijinhos.
    Portanto “Está muito frio cá fora, tenham cuidado, ainda se constipam.” Ide pra dentro criaturas ou desamparem.

  24. … entretanto comecem já a festejar e a pensar na caloraça do próximo Solzinho a Dançar a 13 de Maio com o poop Francis e uma joaninha avoa avoa e mais um milagre e ninguém vai chorar* nem pagar a fratura dos Bilhões como dizem os Zucas e que o País vai novamente pra Bingo e é novamente a concórdia e a felicidade na terra dos pândegos.
    * por ser condenado

  25. O sr. (a) não entende patavina de Direito, mas, no entanto, não se coíbe de, desde há longo tempo, disparatar sobre o tema .
    Mais . Desde que cheguei a este Blog, – foi por puro acaso, refira-se, – já você denegria a imagem da Justiça ( vidé post, esse sim, de ódio relativo à participação do Juiz Ricardo no prós e prós da prócere do regime Fátima Tantos, que recebe salário milionário extra-salarial nessa choldra parasita chamada RTP ).
    É confrangedor notar que, você, à simples pergunta ” qual é o prazo ” quedou-se pelo silêncio dos ignorantes .
    O advogado Nabais, não calou ódio nenhum . Um advogado serve quem lhe paga . Alguns advogados, são os principais fautores do descalabro da justiça em Portugal . E no entanto, também eles – todos eles – deveriam estar ao serviço da ” ideia da noção de justiça “, coisa que não se compadece com mercenarismos de ocasião, próprios do ofício .
    O sr.(a) sabe o que é um prazo, em direito ?
    Não sabe . Pode-se resumir assim : é um lapso de tempo, durante o qual pode ser exercido um direito, ou cumprida uma obrigação.
    Pergunto -lhe : um Procurador, um magistrado do Ministério Público, exerce um direito, ou cumpre uma obrigação ?

  26. aeiou, vou explicar como se fosses um asno da melhor espécie.
    “Eu não digo que ele não seja culpado de tudo o que o acusam”
    Que porra de provas tem o Pacheco, que nem o Rosário conhece? Qual foi a decisão, quem foi o ministro cúmplice, que secretário de estado foi conivente em que decisão corrupta?
    “Podiam acusá-lo e prendê-lo por fraude fiscal, mais tarde tratavam dos outros crimes, não prescrevem”
    Uma imensa demonstração de ódio, o cabrão que vá já para a prisão assim a modos que com uma pena perpétua, a gente séria tem mais tempo para investigar o resto das malfeitorias enquanto o sacana apodrece esquecido.
    “Estou convencido de que é culpado… a ficha de deputado estava rasurada”
    Foda-se finalmente percebi o que em que é que o gajo se baseou para , na comissão de inquérito à suspeita de que um gajos do PS queriam ter uma televisão ( como se sabe reservadas aos meninos e meninas do PSD e CDS)! Então não é que a ficha de deputado estava rasurada?
    aeiou, vai chamar pandego e indecente a quem te fez as orelhas.

  27. Ó Pimpampum

    Agora vou-te responder eu como se tu fosses um camelo da melhor espécie.

    Um Procurador, um magistrado do Ministério Público exerce um direito EM REPRESENTAÇÃO DO ESTADO de acusar um cidadão. Estás a ver ó camelo ?
    Não é o Rosário Teixeira quem acusa, não é o Ministério Público quem acusa, é o Estado quem acusa o cidadão. Os procuradores estão ao serviço do Estado, são funcionários pagos para representar o Estado. Eles não acusam ninguém em seu próprio nome, mas em nome do Estado. Exercem a função deles por obrigação para com o Estado mas quando acusam alguém estão a fazê-lo em representação do Estado, que por seu lado está a exercer um DIREITO.
    Estás a ver ó camelo ?
    E os direitos do Estado não se podem sobrepor aos direitos de cada cidadão em Direito Penal. Não num Estado de Direito Democrático.
    Ouviste bem, agora ó camelo ? Podes ir espalhar por aí que nem todos os cidadãos são analfabetos, e que a corja dos juízes e procuradores também se vai encontrar qualquer dia destes com o seu próprio destino.

  28. portanto , os funcionáriuos da Justiça estão cumprindo uma obrigação , que é para isso que os que estamos exercendo um direito lhes pagamos :)

  29. Pimpampum
    19 DE MARÇO DE 2017 ÀS 5:01
    Pergunto -lhe : um Procurador, um magistrado do Ministério Público, exerce um direito, ou cumpre uma obrigação ?”

    O “JASMIM” respondeu:
    Um Procurador, um magistrado do Ministério Público exerce um direito EM REPRESENTAÇÃO DO ESTADO de acusar um cidadão. Estás a ver ó camelo ?”

    eheheheheheheh

    “Jasmim”…VEx.ª quer dizer uma “obrigação”…um “DEVER”, não é?!!!!
    Então, quem é o CAMELO????

    eheheheheh ….Você asneia, e asneia e asneia…

    Alguém à receção para limpar a trampa, seff….

  30. Jasmim

    “Ouviste bem, agora ó camelo ? Podes ir espalhar por aí que nem todos os cidadãos são analfabetos, e que a corja dos juízes e procuradores também se vai encontrar qualquer dia destes com o seu próprio destino.”

    E você que corja integra…hum…diga lá? É engenheiro de domingo ou médico daqueles que opera no sítio errado, hum? ehehehehhe

    Alguém à receção sff, a trampa tem que ser limpa….

  31. Jasmin
    19 DE MARÇO DE 2017 ÀS 12:53
    Ó Pimpampum

    Agora vou-te responder eu como se tu fosses um camelo da melhor espécie.

    Um Procurador, um magistrado do Ministério Público exerce um direito EM REPRESENTAÇÃO DO ESTADO de acusar um cidadão. Estás a ver ó camelo ?”

    eheheheheh. Hum…e naqueles casos em que o Ministério Público representa o assistente, que é arguido ao mesmo tempo…? Se eu utilizasse a expressão de V. Ex.ª, teríamos “Estás a ver ó camelo ?”

  32. Jasmim

    “Não é o Rosário Teixeira quem acusa, não é o Ministério Público quem acusa, é o Estado quem acusa o cidadão. ”

    hum…não é o Rosário Teixeira quem acusa…pois não, não é! Então porque VEx.ª. lhe dirige tantos impropérios, hum, hum, diga lá, diga???

    “não é o Ministério Público quem acusa”…ehehehehe. A sério?Então quem é ? Não venha com tretas do “Estado”…

  33. Eduardo J
    19 DE MARÇO DE 2017 ÀS 10:05
    aeiou, vou explicar como se fosses um asno da melhor espécie.

    Eduardo J, larga as ervas, aprende a ler o que diz o Pacheco Pereira e deixa o aeiou sossegado que ele é hetero.

  34. Eduardo J
    19 DE MARÇO DE 2017 ÀS 10:05
    aeiou, vai chamar pandego e indecente a quem te fez as orelhas.

    Eduardo J, larga as ervas que te tornam bastante pândego por aqui, aprende a ler decentemente o que disse o José Pacheco Pereira e deixa o aeiou sossegado que ele é hetero.

  35. 1/2

    Hoje Sócrates é um proscrito, por muito
    que se engane a si próprio com sessões
    de prosélitos. Foi vítima de si próprio em
    primeiro lugar, mas também de uma política
    de fugas de informação sistemáticas, de
    que, aí sim, tem razões de queixa. Embora
    formalmente ainda não tenha sido acusado
    de nada, foi vítima na praça pública de
    uma política de fugas com o mais que claro
    dedo do Ministério Público, destinada a
    condicionar a opinião pública. Ora, para
    além do crime que constituem as fugas de
    informação, o problema é de cidadania,
    porque a publicação, certamente selectiva,
    de dados do processo, atenta contra as
    nossas liberdades, o nosso direito à defesa.
    Como é boa para a comunicação social e
    para o voyeurismo colectivo, é aceite com
    demasiada complacência. Hoje é com
    Sócrates, mas amanhã é com qualquer um,
    seja culpado, seja inocente.

    Público, 18.3.2017, p. 52

    José Pacheco Pereira, ontem?
    Será a mão invisível de Adam Smith?
    Ou é o Valupi a fazer das suas?

  36. 2/2

    Aqui já deixa de ser Sócrates (embora
    também seja) para ser um problema
    de todos nós, dos nossos direitos,
    liberdades e garantias. Não é a questão
    jurídica da legalidade da decisão, nem
    sequer da constatação de que essas
    contínuas renovações de prazos possam
    ser necessárias, mas a concepção
    megalómana que o Ministério Público tem
    do processo, para meter tudo no saco da
    Operação Marquês, é um abuso legal, ao
    manter alguém acusado na praça pública
    indefinidamente. Sim, pode haver abusos
    persecutórios alicerçados numa legalidade
    objectiva, mas mesmo assim excessivos e
    ameaçadores para um cidadão, seja culpado
    ou inocente. Já referi a minha convicção
    subjectiva da culpabilidade de Sócrates
    — que, insisto, nada vale —, mas tenho de
    admitir que ele ou
    qualquer outro seja
    inocente e recusar a
    contínua destruição
    de uma vida normal
    pela utilização
    do imenso poder
    que tem a Justiça,
    quando abusa da
    sua capacidade, que
    a tem, de triturar
    a vida de alguém.
    Hoje é com Sócrates,
    mas amanhã é
    com qualquer um,
    seja culpado, seja
    inocente.

    Público, 18.3.2017, p. 52

    José Pacheco Pereira, ontem?
    Será a mão invisível de Adam Smith?
    Ou é o Valupi a fazer das suas enquanto fuma uma broca e chama burro ao Eduardo J?

  37. E, portantos, muitos portanto, como diz
    Pimpampum, dirigindo-se a sua eminência “D. Jasmim”,

    “O sr. (a) não entende patavina de Direito, mas, no entanto, não se coíbe de, desde há longo tempo, disparatar sobre o tema ”

    yawn.

  38. éstrampa, larga as pedras que essa singela pedrada foi atirada (e bem!) à moleirinha do aprendiz de tudólogo Valupiano.

  39. Eu, que de Direito nada percebo, fico a cogitar que se o Araújo pudesse mudar a investigação para Pyongyang não teria o Socrates mais hipoteses de se safar ?

  40. Manel, larga as ervas e lê lá estes tipos engraçadistas.

    _____

    As mentiras “inócuas” de Sócrates

    Nas vésperas das eleições legislativas, Sócrates garantiu que não ia
    pedir autorização a ninguém para
    ir votar. «Era só o que faltava um
    cidadão ter de pedir licença
    para cumprir um dever de cidadania» foi mais ou menos o que
    disse na altura. Ora, no processo
    Operação Marquês, lá consta um
    pedido de Sócrates para ir votar. E
    foi acompanhado de polícias à paisana, como a lei exige, pois estava
    em prisão domiciliária. Com estas
    mentiras em assuntos sem importância,
    Sócrates foi-se descredibilizando perante a Justiça…

    Sol, 18.3.2017, p. 25

    ______

    Dedicado à Jasmim e ao José Neves, deve ser um “boato-engraçadista”.

  41. Hehehe, vá lá que ainda fui taxado como um camelo da melhor espécie, hehehe, podia ter sido apodado de um camelo da pior espécie…

  42. A jornalista presente mostrou intimidade com o pessoal da acusação. Revelou que a tábua de salvação do processo está nas declarações de Helder Bataglia. Cabe perguntar: quando atribui mais credibilidade a alguém que se esconde anos a fio no estrangeiro, fez fortuna com o BES de Angola enquanto este criou um buraco financeiro colossal, e troca as suas afirmações pela garantia de não ser molestado, do que a um cidadão, sujeito a escrutínio público há vários anos, que regressa imediatamente ao país e toma a iniciativa de se dirigir às autoridades, logo que se sabe perseguido, a justiça dá sinais de procurar combater a corrupção ou exibe de forma cristalina a sua prática?

  43. eu não sei se tu viste e ouviste a mesma peça do que eu, Lucas Galuxo, já que isso que dizes é apenas uma interpretação tua. o que eu ouvi e vi cingiu-se a meras observações relativas aos factos da investigação – factos que adorei tomar conhecimento. adorei porque sou curiosa e quero saber de tudo, pois claro.

  44. O Pacheco dá uma no cravo e outra na ferradura, é um bipolar politico. No que diz respeito a Sócrates escreve e diz uma coisa e o seu contrário, tem aquele lado civilizado e o lado negro de apoio a Cavaco, tudo cimentado por um grande ódio a Sócrates.

  45. Sóbebo Chá de Camomila, não sei se reparaste que, há uns dias, temos aqui e ali um futuro clube de fãs do aeiou e dos seus exercícios vocabulares: o C-A-M-E-L-O começou por ser, estilisticamente, a alcunha do MRocha de Estremoz a fazer umas figuras de dromedário jamé! armado em intelectual, logo a seguir chegou o Lucas Galuxo e levou um olá rapaz! e, como não poderia faltar neste souk de bar aberto, ganzas iniciáticas e os viandantes giros vindos de Sodoma e de Gomorra (?), apareceu logo o verdadeiro camelo… sim, o do nick jpferra.

    Entretanto Jasmim, éstrampa e Asdfertyuio, que tripla.

    ____

    Vamos ver o que o guraeiou dirá aos meninos, quando chegar.

  46. «Vi ontem que a Jasmim copiou mais um comunicado de estilo merdoso assinado pelo José Sócrates (sem espinhas!) agora sobre a OPA da Sonae.», li o DN e o que os gajos publicaram foi mesmo o comunicado merdoso com um sabor a ranço de alguns dias. Enfim, corrigiram as vírgulas, meteram-lhe uns pontos finais e trataram dos espaços que, nem isso!, o “autor” da vasta obra literária chamado José Sócrates sabe fazer sozinho.

    Jasmim, desculpa lá.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *