6 comentários a “Exactissimamente”

  1. O “Expresso”, o que é o “expresso”? São os ficcionistas com aspiração ao “pulitzer” é? Devem pensar que depois do Dylan, eles também podem comer um “nobel”…

  2. reconhecer que as famílias portuguesas aguentaram estoicamente a crise é muito bom. e que continuam a aguentar estoicamente os golpes da banca também. eu proponho o seio das famílias portuguesas como candidato a património imaterial da humanidade.

  3. … e que fosses gozar com a pilinha do teu pai, em vez de insultares as famílias portuguesas com propostas parvas e idiotices avulsas para dizeres que existes.

  4. em vez de insultares as famílias portuguesas com propostas parvas e idiotices avulsas para dizeres que existes.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *