Denuncia um “blogger socrático” e ganha uma assinatura do Observador

Ministério Público em busca de mais pagamentos a bloggers socráticos [título]

António Peixoto terá recebido mais de 76 mil euros para alimentar um blogue que atacava os adversários de José Sócrates. Não terá sido o único blogger a ser pago para elogiar a obra do ex-1.º ministro [subtítulo]

O Ministério Público (MP) suspeita que Carlos Santos Silva terá ordenado, em nome de José Sócrates, o pagamento de remunerações a diversos bloggers para atacarem os adversários políticos do ex-primeiro-ministro e elogiarem as reformas dos seus governos. [1º parágrafo]

Até ao momento, não foram encontrados indícios de pagamentos a outros bloggers. [frase perdida, talvez uma nota deixada esquecida pelo autor]

__

Creio ser nosso dever ajudar o Ministério Público, ou que seja só o Observador, nessa caça aos “bloggers socráticos”. Trata-se de uma urgente e fulcral investigação, tendo em conta tudo o que os “bloggers socráticos” têm feito ao longo dos anos e em tantas dimensões da nossa vida política, económica, social, cultural e até desportiva (é investigarem, senhores, é investigarem que apanharão qualquer ruindade e/ou violação da lei inclusive em desportos amadores). Os “bloggers socráticos” influenciaram decisivamente vários actos eleitorais graças às suas coisas, aquelas coisas que os “bloggers socráticos” fazem. Há até quem defenda que a lentidão da Justiça em Portugal e a falta de recursos nas polícias só pode ser da responsabilidade dos “bloggers socráticos”. Como? Eis algo que devia ser investigado, precisamente porque ninguém o consegue explicar. Outra actividade muito nefasta dos “bloggers socráticos” consiste na concorrência desleal com os órgãos de comunicação social sem socráticos de qualquer espécie e feitio. Isso tem levado a uma crescente depauperação dos títulos e canais disponíveis, a um ponto em que é hoje voz corrente entre taxistas e pedreiros que para um gajo conseguir estar bem informado sobre o que realmente importa já só resta a leitura diária das capas do CM. E se os “bloggers socráticos” arranjarem maneira de acabar com esse último reduto da liberdade de expressão e do código deontológico dos jornalistas, que restará? Sim, continuaríamos com os textos do José António Saraiva, mas desconfio que não chegaria para fazer frente aos “bloggers socráticos”.

Felizmente, existem em Portugal especialistas na detecção e extermínio de “bloggers socráticos”. O mais poderoso entre eles é o Pacheco Pereira. Tem obra feita e pública a respeito, serviço que cobra a preço de tabela. Outra grande figura é o Paulo Pinto Mascarenhas, igualmente com vasto currículo na matéria. Em 2010, este cromo conseguiu apanhar um “blogger socrático” que colocou em exposição numa espectacular parangona do jornal i. Foi um grande triunfo que serve de exemplo ao Ministério Público. E a terceira é o Fernando Moreira de Sá, o celebérrimo “nota vinte na Galiza”, que é um reputado investigador académico sobre todas as formas de “socratizar” um país a partir dos blogues. Este amigo sabe do que fala, ou não falasse do que fez. E se fez, olá. De acordo com o que partilhou publicamente, Passos deve-lhe a vitória nas eleições de 2011 e cenas assim. Para além disso, ele garante saber tudo o que há para saber sobre “bloggers socráticos”. Ministério Público, se estás a ler isto (e estás, né? pois…), saca o telefone do Nando e encham a ramona sem demora. Temos de apanhar essa malandragem antes que o papa aterre na Portela (é só para prevenir, prontos, porque eles são mesmo diabólicos).

39 comentários a “Denuncia um “blogger socrático” e ganha uma assinatura do Observador

  1. Chegaste tarde mas ainda a tempo, como te disse há um bocado.
    Mas o mais interessante são alguns dos comentários in situ de quem acompanha o assunto desde o início, nomeadamente os de uma senhora que tem um blogue todo catita e de quem me lembro de ver que andou pela caixa de comentários do Aspirina B.

    Uma estátua p’ró Meirelles, mas se passares pelo Google já há os mais diversos resultados.
    Dito isto, vou ler a explicação Valupiana contra os desgraçados do MP daqui a pouco (contra e a favor de José Sócrates e do engenheiro Santos Silva do cacau, este por omissão).

    aeiou
    8 DE FEVEREIRO DE 2017 ÀS 16:32
    O seu comentário aguarda moderação.

    […]

    Nota. Aquilo do Observador desbroncado pelo Meirelles está lindo, está.

    [Não me publiques, não estrague eu o velório.]

  2. o observador é um blogue financiado pelo compromisso portugal, criado para apoiar o passos e o seu governo e difundir propaganda dos neoconeiros. o ministério público está à espera de quê para tornar isto um escândalo nacional? é tudo malta ligada às campanhas presidências do tabaco, que foram financiadas pelo bes, entretanto falido e pingo doce, a falir brevemente.

  3. e ainda acreditam na inocência…do pobre homem? que vive faustosamente dos empréstimos de um amigo? por favor, eu também quero um amigo desses…

  4. A cena dos 2 milhões pagos pelo holandês por baixo da mesa ao Joaquim Barroca (não ao Carlos Santos Silva nem ao Sócrates) é HILARIANTE, e só por isso Sócrates tem motivo para meter o MP em tribunal … ou no Júlio de Matos (se este não tivesse fechado) !

  5. Sub-facturação das obras do Grupo Lena realizadas no empreendimento de Vale de Lobo … e um holandês que paga uma tranche de 2 milhões directamente a um dos donos do Grupo Lena !
    E … mais 6 tranches iguais pagas por um dos accionistas (Helder Bataglia) do empreendimento de Vale de Lobo a um dos donos do Grupo Lena (Joaquim Barroca) … !
    É pá, é tudo tão COMPLEXO, tão difícil de entender, caraças … ? mas só porque o Sócras não entra na coisa. Nem o Carlos Santos Silva.
    … Carlos Santos Silva … que por acaso trabalha para o Grupo Lena e tem dinheiro a receber … porque não por baixo da mesa, … e vindo da conta do Joaquim Barroca ?
    … afinal, a fraude fiscal é o desporto favorito de todos os portugueses que não são funcionários públicos nem trabalhadores por conta de outrem … e até estes últimos não escapam, ok ?)

    Só uma perguntinha parva:
    – Se o Ricardo Salgado “comprou” Sócrates por 20 milhões porque é que ele não lhe obedeceu quando o DDT o “mandou” chamar a troika ? … e ao invés disso foi preciso convencer o Ministro das Finanças a trair o Primeiro-Ministro de Portugal !? no mínimo muito estranho, para quem tinha o PM na mão !

  6. O MP um dia destes muda de nome para MPàCS, ou seja, MP à Caça de Sócrates, e como não tem provas, caça com blogs. Tem sido assim, desde o início dos tempos, ou melhor, desde o tempo em que o CM deixou de ser relevante. Não gastou o veneno, note-se, mas, digamos, tornou-se inócuo (demasiados anti-corpos).

    Eventualmente seria de investigar, mas não o MP abreviado, claro, que não é matéria da sua alçada, mas talvez alguma Liga das Senhoras pela Caridade e Antigos e Conhecidos Costumes (um pouco recolhidas, nesta altura do ano, dada a invernia e os sinais da economia), alguns doutos bloggers (é assim?), que sem rasto de vil metal (arquive–se?), não deixaram de ser recompensados entre 2011 e 2016, com fulgurantes ascensores (dos verticais, pois) na carreira.

    Dito isto, vamos à vaca fria, salvo seja: o Ministério, mas do Trabalho, bem que poderia investigar alguns comentadores de diversos jornais da nossa praça que, não se percebe como, lá estão de plantão, entre as 0 e as 24 horas, comentando em tudo o que mexe e esperando, sempre, pelo Diabo. Temo que os seus direitos não estejam a ser respeitados.

  7. Só um conselho para a defesa de Sócrates:
    Contratem um detective e vão atrás dos outros compradores de terrenos de Vale de Lobo e perguntem-lhes para que contas é que eles transferiram 2 milhões de euros … e sigam o rasto desse dinheiro … e depois mandem internar o Rosário Teixeira e o gajo das Finanças de Braga num hospício.

  8. António Nunes, larga as pedras e continua a terapia do sono.

    Nós esperamos, mas percebe-se que essa não deu os resultados esperados.

  9. Tu não Bebes Agua (Gaseificada ou não) … tu bebes é uma zurrapa carregada de álcool que te queima o esófago.
    Também precisas de ser internado num hospício, pá !

  10. Valupi, para além dos comentários alucinados observo que no Aspirina B vigora um quase completo silêncio.
    E é pena que assim seja, acho-o sinceramente mas escuso-me de dissecar o assunto.

  11. como a operação marquês esgotou os prazos e a imaginação acusatória voltou ao ponto de partida sem ter encontrado qualquer prova que sustente a prisão e enxovalhamento público do ex-primeiro ministro josé sócrates, há que (con)fundir este processo com o bes e pôr a amostra em loop. resta saber quanto tempo a coligação psd/cds que tinha conta no bes vai aguentar a afronta e entregar angariadores de fundos partidários para tentarem entalar o sócras. o mais certo é o avacalhamento total do processo bes de forma que prescreva por excesso de complexidade e falta de recursos.

  12. bem , fui lá ver o que dizia a zazie e dei com este comentário dum senhor qualquer ( quem fala asim não é gago) :

    “Eu respondo pela Marta Guimarães (sem encomenda): – bastaria o facto de o dito Sócrates ter reconhecido, e aliás alegado como sua defesa, ter recebido, enquanto Primeiro Ministro, dinheiro emprestado de um indivíduo que liderava um dos grupos económicos (Carlos Santos Silva) que mais relações tinha com o Governo, para o incriminar. De imediato e sem apelo nem agravo. Não estamos a falar da tolice (que indignou tanta gente, afinal) de pagar uma viagem a um ou dois secretários de Estado para ver um ou dois jogos da selecção. Estamos a falar de “emprestar” várias centenas de milhares de euros (pelo menos) ao primeiro-ministro de Portugal, tendo o “emprestador” negócios de elevado valor com o governo liderado por esse primeiro-ministro. Alguém será suficientemente parvo para acreditar que o dinheiro era emprestado? Haverá alguém suficientemente “tanso” para aceitar que essa fosse uma prática normal, aceitável ou minimamente ética? Quem é que quer ser ingénuo? …
    Ou as ligações já provadas dos dinheiros que circulavam das mãos dos Espíritos Santos, dos Bataglia, e tantos outros, para ……”

  13. Temos aqui uma variante do estado da arte no desporto ( pagar a árbitros para ser beneficiado e pagar para não ser prejudicado ) .
    Esse tal blogger ( parece que, pai e filho ) seria pago para dizer bem do coiso, ou para dizer mal dos outros ?
    A bem do Estado de Direito, – e prestando um valioso serviço à causa de N.ª Senhora dos Arguidos – o único puro que exerce tal actividade a titulo gracioso, é o Valipi .
    Outros diriam : ou é remunerado, ou tem panca grande .

  14. Meus amigos, é favor não me interromper, que eu não interrompí ninguém !
    Estava com um olho no burro e outro no cigano ( não necessariamente por esta ordem, quero dizer, no Gnomo Ferreira da SIC Negócios e neste blog, e por sinal, abrí muito a boca de sono ) e por lapso esqueci-me do link do blogger Galhão
    Aquí vai :
    http://fonsecagalhao.blogspot.pt/

    É rata, digo, Errata : doutores relvianos, engenheiros domingueiros, e doutores tipo Paulo Anúncio .

  15. “O Ministério Público (MP) suspeita que Carlos Santos Silva terá ordenado, em nome de José Sócrates,…”

    Mas qual é a coisa qual é ela que o MP não “suspeite” de Sócrates?
    O cavaco suspeitava do Sócrates porque ouvia ruídos no computador, a manela toca capachada suspeitava porque ouvia ruídos no telefone, o santana suspeitava que era homossexual por que plantara uma notícia num jornaleco de aldeia no Brasil para transitar para cá via ‘cm’, a manela boca d’alba suspeitava dos dvd fabricados pelos ingleses corruptos que o herdeiro enviara para portugalzito com o fim de sacar massa do fundo para o bolso próprio à pala deste cantinho que quando inglês quer é protectorado inglês, o pêjota de Setúbal suspeitava do Freeport via carta própria inventada em conluio com santana para denúncia e a respectiva “suspeita”.
    O pacheco pereira fidalgo brasonado desde os pachecos almirantes descobridores do Brasil suspeitava que Sócrates primeiro, queria impôr uma axfixia à liberdade de imprensa, segundo pelas conversas dos cd gravados de escutas de conversa de café com sonoro montado pelo ‘cm’ estava planeando um, nada mais nada menos, que um atentado ao Estado de Direito e terceiro, foi ele que denunciou ao país que o CC era escrito por um tal Miguel Abrantes assessor do Sócrates. Ele, claro, que blogava contra Sócrates diariamente em jornais e tv não só não era pago como até teve de empenhar algumas antiguidades da real nobre casa dos pachecos.
    E é aqui, nesta delação (premiada?) da pachecal figura que o dito sujo mp foi pescar a ideia dos blogers ao serviço do Sócrates e, claro, pagos pelo Sócrates com o dinheiro que está nas contas de Santos Silva.
    O mp está para Sócrates como o emplastro está para a tv, este anda sempre atrás da tv para espreitar e o mp anda sempre atrás do Sócrates para suspeitar.

  16. parece-me bem a existência de coisos alternativos à acomunicação social. e se são ou não financiados pouco importa. bem visto, qual é a diferença entre o que se diz em um blogue apoiante e um artigo de opinião em um órgão que vende muito? ora se as opiniões valem o que valem deixem que valham muito para quem delas faz proveito.

    Peixoto, se me estás a ler paga aqui uma rodada de pataniscas de bacalhau com arroz de tomate malandro e sopa de nabiças. :-)

  17. o toi-merde 1,95 kg e a miss yo-yo vasculham internet na busca de vestígios que possam revelar a identificação de quem os incomoda. um dia destes, todos os que se indignam com a pouca vergonha da justiça e com a perseguição política ao sócras são suspeitos no processo marquês.

  18. senhor angariador de pides :
    1- o aspirinab não me incomoda , pelo contrário , faz-me rir
    2- quero lá saber quem é quem
    3- não gostou da cara do boss do aspirina , foi ? racista :)

  19. Foda-se, caralho, o que para aqui vai!!

    Se o Júlio de Matos não tivesse fechado, estaria a rebentar pelas costuras, com tanto pobre diabo à solta por aqui.

    Vade retro, Sócrates Belzebu! Que cambada de filhos-da-puta…

    aeiou dei xamir toku

  20. A expressão da esquerda é de “esquerda”; não dispensa o impropério, a qualificação ao nível do que é a sua experiência. Um abandalhamento de “modos e linguajar”, que nem o cigano mais versado consegue igualar.
    Ah! Democratas falsos – sois o ruír de um país que no passado ensinou e descobriu mundo. Como é possível que se brinque com o que há de mais sagrado, aliando a um nome que merece todo o respeito e deferência, um rol de indecências com propósitos engraçadistas?! O “pobre diabo” nem se conhece a si próprio – é digno de pena, porque não vê, não se vê e não se levanta…

  21. “a pide está a admitir agentes para fazer portugal grande de novo”

    De verdade? Onde?

    O meu interesse é total. Aceitar-me-ão. Tenho já em mente açaimos, chicotadas na língua e lobotomias como medidas de intervenção em gente com ruídos iguais aos seus.

  22. Triste, triste, este Portugal com “jpferra” style. A argolada é-lhe familiar, a ignorância está na sua base, condescendendo que se trate de “burrice” nalguns casos. O dito “básico” sabe mais na ponta do mindinho do que o ferretoso e seus minions. Os “contraditórios” esquerdistas limitam-se a pedir moderação ao dono da taberna, invetivam e qualificam com o tom que os veste – a vulgar ordinarice.

  23. “dass… não se enxerga”

    Este é o mês do “entrudo”; não precisa de mascarar-se. Saia à rua, tal como está. O vento derrubá-lo-á facilmente. O personagem das “paredes da retrete”, onde faz questão de assinar-se, só se aguenta no urinol, a não ser que os detergentes de marca não chinesa o ataquem.

  24. ehehehehheheheh. Yawn. Não gaste água, Vex.ª nem um pum consegue largar, e das poucas vezes que tentou partiu o pauzito…yawn.

  25. ” um dia destes, todos os que se indignam com a pouca vergonha da justiça e com a perseguição política ao sócras são suspeitos no processo marquês. ”

    Claro !
    Aliás, para o próceratz e demais a(l)coólitó-ratzes do socratz, a pouca vergonha da justiça e a perseguição ao socras, são uma e a mesma coisa .
    Apurei na Net que o autor do dito acima transcrito, é portador de atestado de incapacidade para os assuntos jurídico politicos por ser portafor de deficiência superiorior a 60 % .
    Em devido tempo, foi arrombado por um cassetete eléctrico da Pide . (_!_)
    Daí, a frequente alusão às pilhas debaixo da travesseira .

  26. “Aliás, para o próceratz e demais a(l)coólitó-ratzes do socratz, a pouca vergonha da justiça e a perseguição ao socras, são uma e a mesma coisa .”

    não são bem a mesma coisa, mas anda lá perto. a perseguição ao sócras e outros é consequência da impunidade, incompetência e bandalheira do sistema judicial.

    “Apurei na Net que o autor do dito acima transcrito, é portador de atestado de incapacidade para os assuntos jurídico politicos por ser portafor de deficiência superiorior a 60 % .
    Em devido tempo, foi arrombado por um cassetete eléctrico da Pide . (_!_)
    Daí, a frequente alusão às pilhas debaixo da travesseira .”

    esta é mais difícil de responder por se tratar de perturbação do foro psicológico que afeta essencialmente o humor da pessoa, daí o “inconseguimento” na criptografia do absurdo.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *