19 comentários a “Advertisers do it better”

  1. Beware, bloggers & spin doctors!

    E eis senão quando, para suprir a extraordinária abundância de indícios, provas, consolidações e super-consolidações de actos de corrupção e de malvados corruptores do pérfido corrompido, um novo tipo de crime desponta no horizonte do poder judicial português para pôr cobro às sete vidas do Napoleão do Crime:
    http://observador.pt/2017/02/07/ministerio-publico-em-busca-de-mais-pagamentos-a-bloggers-socraticos/

    «Sob a capa do anonimato (e através do pseudónimo “Miguel Abrantes”), Peixoto desfazia qualquer crítica a Sócrates. A sua cara só foi conhecida este fim-de-semana numa das edições do Correio da Manhã.»

    É preciso ler duas vezes? Provavelmente é, porque é muito natural que, apesar de tudo o que precede a úlima proeza do MP, a compreensão tarde e custe a acreditar. De modo que…

    «O Ministério Público (MP) suspeita que Carlos Santos Silva terá ordenado, em nome de José Sócrates, o pagamento de remunerações a diversos bloggers para atacarem os adversários políticos do ex-primeiro-ministro e elogiarem as reformas dos seus governos.

    «Foi essa suspeita que levou os investigadores da Operação Marquês a realizarem buscas domiciliárias à casa do, para já, único blogger identificado nos autos como tendo recebido uma remuneração mensal: António Manuel Costa Peixoto, que assinava os seus textos com o pseudónimo “Miguel Abrantes”. As buscas foram autorizadas no final de outubro de 2016 e realizadas pouco depois.

    «O MP quebrou igualmente na mesma altura o sigilo bancário das contas de Peixoto e do seu filho (António Mega Peixoto) para tentar descobrir se eles terá pago a mais bloggers para apoiarem José Sócrates na blogoesfera.

    «Além da Câmara Corporativa, Peixoto colaborou com outros blogues, como o Simplex.»

    Pobre país, entregue à bicharada.

  2. sem dúvida. e o que têm em comum os três vídeos? a certeza de que o que nos une neste mundo é muito mais do que o que nos separa.

  3. Ou seja:

    Quem paga, nomeadamente a jornalistas, para caluniar o dito, é “empresário da comunicação social”, e os seus sabujos estão ao serviço da” liberdade de imprensa”; quem paga para o defender, é corrupto, e receber por isso é equiparada a delito criminal, ou não daria azo a buscas e devassa das contas bancárias. Esclarecedor !

  4. Ah, que interessante. Então, o dito “blogger” falava bem a troco de dinheiro que lhe era pago por aquele que queria que falassem bem dele. Isso é preocupante. Se alguém estica a “coisa” para testemunhas…

    O que dirão agora os defensores de Sócrates, os que residem na “tasca”?
    Fiquem descansaditos, porque o que vem de um tal “Luís Rosa”, do “Observador”, nem sempre é fiável; tem mestrado em “disparate” e, por isso, as conclusões dele, a que ele chama factos, são natural consequência do síndrome da redação maluca. Yawn.

  5. a direita pode ter moreiras de sá, fortes apache e observadores a troco de lugares no governo ou com dinheiro dos contribuintes através do compromisso portugal, para defenderem presidentes cavacos & governos coelhos ou desencadearem o maior ataque reaccionário à constituição da república, porque é normal e natural.
    se a esquerda (ps), tiver alguém que o defenda enquanto governo, não é normal nem natural, deve ser investigado e achincalhado nas folhas do manholas.
    os comunas são tolerados e alimentados só quando fazem fretes à direita no combate ao ps.

  6. Estou disponível para receber dinheiros e dizer bem de alguém- menos de comunas, chupistas, catarinos e acolytes. Os da direita portuguesa teem que me pagar com antecipação, tipo arrendamento, e prestar ainda uma caução de muitos milhares para cobrir eventuais perseguições criminais.
    Entretanto, Mr. Trump é aquele por quem eu alego gratuitamente…yawn.

  7. o anúncio da 84 lamber foi censurado pela fox e a sua transmissão na super tigela foi amputada. a versão integral no you tube tem 10.000.000 visualizações em 2 dias.

  8. Jpferra: «Gungunhana Meirelles e ainda há gente que anda preocupada com o trump.»

    A propósito de “hate speech”:
    http://www.breitbart.com/big-journalism/2017/02/07/virgil-the-left-whips-up-a-climate-of-violence-the-prime-target-is-donald-trump/

    Comentário de Robert Faurisson e citação do director do Der Spiegel a propósito da recente capa dessa revista:

    “Trump, dénoncé comme un nouvel Hitler, va-t-il être assassiné ?”

    Comme d’habitude, ce qui s’appelle “la gauche” (nostalgique de la guillotine, du “sang impur” à verser et de l’Epuration à mener encore 72 ans après la fin de la Seconde guerre mondiale contre des grabataires) fait des prières laïques ou religieuses pour l’assassinat de Donald Trump. Aux Etats-Unis, le climat de violence qui se développe contre le nouveau président et les appels au meurtre de Trump sont devenus tels que l’appareil judiciaire en est dépassé : il semble qu’il lui soit impossible de poursuivre les auteurs de tant d’infractions.

    So, yes, the left hates the “climate of violence”—except when it loves it. (Eh bien, oui, la gauche a en haine le “climat de violence” – sauf quand elle l’aime).

    En Allemagne, Der Spiegel joue à peu près le même jeu avec à peu près la même tartufferie.
    Voyez
    https://francais.rt.com/international/33557-allemagne-der-spiegel-defend-avec-une-avec-trump-decapitant-statue-liberte

    Citation :
    Après la vague des réactions outrées sur les réseaux sociaux, le rédacteur en chef du Spiegel, qui a approuvé l’illustration, défend la ligne de son journal.

    «Der Spiegel ne veut provoquer personne. Nous voulons montrer les enjeux réels de ce qui se passe, il est question de démocratie, de liberté, de liberté de la presse, de liberté de la justice et tous ces éléments sont clairement menacés. Nous défendons la démocratie… Est-ce que l’heure est grave ? Oui», a déclaré le rédacteur en chef du Spiegel Klaus Brinkbaeumer à Reuters dans une interview face au vif débat qu’a suscité la couverture du numéro du 4 février.

  9. Os advertisers aqui são importantes mas secundários, há que admirar primeiro as empresas que tiveram a coragem de agir com responsabilidade social, substituindo-se a um dever que em tempos decentes deveria ser do governo americano.Terra do caralho, muitos contrastes, muitos loucos, mas grande grande pipol.

  10. parece que o neiman marcus também cancelou as encomendas de pindericalhos da yvump tranka.

  11. Os Pink Floyd ainda processam o Trump com a cena do muro, e pelo andar da carruagem os americanos desatam a fugir para Cuba a pedir asilo politico.

  12. Veja-se como o esquerdismo é rancoroso e mau…de qualquer forma nordstrom Neiman marcus tornou-se uma boa porcaria de há anos a esta parte…desde que os asiáticos por lá passam…

  13. o nojo da publicidade, o argumento feito da exploração rasteira da psique humana, bem se percebe de onde vem a razão dos movimentos anarquistas de arrasa-fronteiras. vem por exemplo e como se ve de uma famigerada coca cola que paga milhoes em publicidade para ocultar a brutal canalhice que faz a milhões de pessoas em países em desenvolvimento esgotando-lhes a água e impelindo-as desde tenra idade ao consumo de latas com água contaminada com mais de 6 colheres de sopa de açucar, ou seja em dose tóxica e nociva, açucae ease vindo aliás da exploraçao de trabalhadores de cana do açucar que trocam mais de 10h de trabalho árduo de cada dia das suas vidas por migalhas para conseguirem viver ligeiramente acima do limiar da miséria humana. todas estas corporações da exploração humana, que sonham abolir anarquicamente com as fronteiras e com a regulaçao global através da diplomacia e do direito interncional público, sujeitando essas relações aos desígnios mais abjetos e exploratórios que podem ser concebidos e que nada teem a ver com progresso, nem com a lei, ordem e sã cooperação entre os povos, terão o seu lugar no capítulo da história dedicada aos traidores vencidos e derrotados.

  14. o último anúncio é uma escabrosa e abjeta demagogia e há milhares de bons argumentos que arrasam com as aparentes, falsas e mentirosas “boas intenções” do mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *