a minha mizinha e eu bem dizíamos que o messenger e a emoticon-dependência haviam de alterar o discurso oral (no que fomos evidentemente pioneiras, originais), mas não pensámos que tal chegasse aos vocalizos estereotipados de expressão automática

E ontem o meu filho contou-me que alguns colegas, quando se riem, em vez de darem uma boa gargalhada exclamam LOL.

12 comentários a “a minha mizinha e eu bem dizíamos que o messenger e a emoticon-dependência haviam de alterar o discurso oral (no que fomos evidentemente pioneiras, originais), mas não pensámos que tal chegasse aos vocalizos estereotipados de expressão automática”

  1. é sempre a mesma coisa. os putos são uns preguiçosos. quando exclamarem ROFLAPMP!, aí sim, acho que evoluíram.

    (dizíamos? a sério? e pq é que eu não me lembro? ai)

  2. (catarina! olá! pois. isto da tocosfera é um vício. mas tinha de retribuir a gentileza à minha susaninha. ai tinha, pois. (voltando para a toca.) beijinhos!)

  3. As telenovelas também trouxeram expressões como as mulheres sofridas, as mulheres deprimidas e as mulheres stressadas. Quem anda muito deMetro como eu due conta dessa mudança. É curioso ver como a Hermínia Silva diz num filme ESTE HOME TEM MUITA PASTORA querendo dizer que tem muita massa, muita pasta…

  4. Sim, Susana… É assustador. E já ouvi, no metro, as variantes de alguns miúdos: “Ai que que LOL” ou “Ca ganda LOL”…

  5. luis eme, eu jurava que não haviam de me apanhar tal coisa, mas entretanto rendi-me. até derivações, como LOLOL para umas bandeiras mais despregadas.

    valupi, agora LOL eu: foi uma estreia, suponho.

    alexandre, pois, é como o riso, contagia.

    estás a ver mizinha? agora provocaste um lolol. e eu também não me lembro, mas tenho a certeza que dissemos.

    mana, mas há uns resistentes, como o teu sobrinho, que até é gozado por não ter msn.

    josé do carmo francisco, sim, mas não é bem o mesmo tema.

    cap, (olá cap) tens a minha admiração se conseguires fazer isso sem lançar perdigotos.

    zeca, hum?

    RCS, e será ainda mais giro quando começarem a dizê-lo com um ar muito sério.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *