Um incêndio anima-o. Um tremor de terra deixá-lo-ia aos pulos

Andava murcho e viu na tragédia uma oportunidade. Acontece que os abutres são uma espécie em geral mal vista. Passos Coelho.  Hoje e nos próximos dias. A sensibilidade já não lhe nasce.  Rasteiro é o seu apelido.

Mas recordemos com Sérgio Lavos, no Twitter.

“Em 2013, quando morreram bombeiros no combate aos incêndios, Passos nem se dignou a interromper férias na Manta Rota. Agora é o pior abutre.”

Ou perguntemos com João Quadros:

“Quantas pessoas é que se suicidaram por termos ido além da troika?”

5 comentários a “Um incêndio anima-o. Um tremor de terra deixá-lo-ia aos pulos”

  1. Haja quem denuncie e não perdoe.
    Ninguem fique calado ou finja que fala.
    Ninguém obriga a indústria da celulose a entrar com os lucros de anos e anos para esta desgraça da sua responsabilidade?
    Não precisamos de papel.
    O cu limpa-se ,melhor a uma folha de couve!
    Porra!

  2. PC teve muita sorte, no primeiro ano de governação, salvo engano, foi um verão muito chuvoso e frio .
    Depois, nos anos seguintes, já houve incêndios.
    É um assunto transversal a todos os partidos que têm ocupado o poder .
    A bomba podia/pode rebentar nas mãos de qualquer um .

    Agora há também a questão dos drones .
    Acho que estão à espera que algum idiota derrube um avião e depois coloque o vídeo no YouTube …

  3. Mas a verdadeira ameaça estava nos balões do S. João …
    Por isso, e pelo sim e pelo não, primeiro cortou-se o tráfego aéreo no aeroporto Sá Carneiro entre as 21h e as 01h00, … e depois proibiu-se o uso dos balões á mesma hora.
    Isto sim, faz todo o sentido !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *