8 comentários a “Sintonia mediática”

  1. Que vergonha miserável,que cambada de filhos da p–a! Assim os podemos medir,assim se mostram! Nunca tive dúvidas que chegariam a este extremo,avaliai agora a “verdade” que vos comunicam! Verdade que publiquem: talvez a data, quando nisso não mentem.

  2. O quê?. Então queria que a “honesta e competentíssima” imprensa deste país à beira mar plantado referisse, mesmo que ao de leve, uma pulhice ligada a tão excelsa figura. Isso seria crime de lesa majestade. Tais noticias só são de postar, e enaltecer, quando se referem a essa cambada de xuxialistas e demais esquerdalhada que por aí pulula. Quanto a estes senhores que pertencem aos partidos santos, estão ungidos por Deus e são, portanto, imaculados e intocáveis.

  3. A notícia do Público é a prova que existe uma asfixia democrática destinada a favorecer a esquerda, que corrompeu a comunicação social e os jornalistas, cada vez mais “somos a Venezuela”.
    (e o OLAF é uma instituição gerida por perigosos esquerdistas a soldo, lá está, da Venezuela)
    (e o MP tem dado suficientes provas de equidistância política no tempo (deles) e no dinheiro (nosso) empregues na investigação destes casos).
    (alguém sabe por onde andam os panama papers?)

  4. :-) se, depois de um ponto final, acrescentasses à lupa seguido de outro ponto, Penélope, ficaria um título mais que perfeito. :-)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *