O António Domingues ficou furioso ao ponto de andar a passar SMS privadas ao Lobo Xavier?

Em defesa de Mário Centeno

A António Domingues e aos restantes novos administradores da Caixa deu-lhes para não quererem apresentar a sua declaração de rendimentos e de património ao Tribunal Constitucional por não gostarem que os jornais fizessem parangonas com a sua situação patrimonial. Podia dar-lhes para pior, como gerir a caixa a partir das torres giratórias do Dubai. Felizmente, queriam apenas discrição. De certo modo, e conhecendo os jornais, compreendo-os. É também sabido que já estavam obrigados por lei a apresentar as ditas declarações ao Banco de Portugal. E acresce que, segundo li, o TC pode, de facto, decidir não tornar públicas as declarações entregues, a serem entregues. Por conseguinte, a exigência da nova equipa, embora bizarra e atrevida, merecia, pelo menos, ser analisada, estudada e equacionada. Não creio que devesse ser imediatamente rejeitada, tanto mais que não brotam do chão, com a chuva, trezentos gestores competentes para o banco público em Portugal.

Agora, para sermos francos, a demora no estudo das soluções mais adequadas para o problema, assim como, a partir de certo momento, o protelar do seu fatal desfecho, não era prejudicial, antes pelo contrário, ao bom desenrolar das negociações com Bruxelas, para “quem” o pormenor das declarações era irrelevante, ridículo ou desconhecido.

Assim, não me surpreende que o ministro das Finanças, com outros problemas bem mais importantes para resolver lá fora, como o da autorização e o das condições e implicações da recapitalização do banco público, e a necessidade de entretanto apresentar e garantir uma equipa competente, entendesse que poderia satisfazer aquela exigência de alguma maneira. E mais, que, se não conseguisse, conseguiria outras coisas bem mais importantes entretanto em Bruxelas. Parece-me que foi o que aconteceu.

Onde está, neste contexto, o problema de Centeno tentar manter a equipa até garantir em Bruxelas uma luz verde para uma capitalização pública que não afectasse o défice? Onde está o problema de trocar SMS com o dr. Domingues dando-lhe a entender que a sua exigência poderia vir a ser resolvida (se é que foi isto que aconteceu)? Quer isto dizer que o iria ser? Não, não quer. É essa a relatividade de uma prova como uma conversa telefónica ou uma mensagem. Não conhecemos a intenção por trás das palavras. Tratava-se de uma negociação. A resposta final, aliás, nem dependia do ministro! Por outro lado, a equipa de Domingues sabia ou não sabia dos entraves e até da opinião do Presidente? É claro que sabia. Mas manteve-se até ao fim do ano! Seria, portanto, melhor não se meter em vinganças parvas. Mudar de advogados ou de ambições seria bem mais sensato e decente.

15 comentários a “O António Domingues ficou furioso ao ponto de andar a passar SMS privadas ao Lobo Xavier?”

  1. mas é preciso serem competentes? isso é alguma modernice , nao ? é que até agora qualquer pelintra imbecil bem colocado serviu para gerir o bordel , ou não estaria falido.

  2. O lobo finalmente vestiu a pele.
    A pele de lobo-cão de guarda de merceeiro vendido aos espanhóis (opa para entregar a PT à Telefónica e de banqueiros mesmo espanhóis (BPI). Um perfeito chefe de escritório de advogados que saliva retórica pelo canto da boca a favor de quem lhe paga ou lhe passa documentos pessoais que possam ajudar às suas maquinações políticas a favor do seu partido. Esse partido pequeno de mais para a sua grandeza e importância ao qual recusa ser ministro quando é convidado porque prefere ficar manobrar na sombra.
    Desta vez desmascarou-se completamente e ficou nu, nuzinho sem a casaca de vestir pelo verso e reverso onde se esconde para só mostrar o sorriso sacana com que fecha sempre as suas explicações refinadamente retóricas usando sempre as duas faces de um caso, tese e anti-tese, para salientar a que lhe convém.
    Na última quadratura quando falava da CGD e perante uma pergunta do pacheco, de repente, soltou a frase “mas há mais, há mais e mais explícitos que os mails”. Pelas afirmações já antes produzidas viu-se logo ali que o dito gajo já tinha conhecimento não só dos sms como do seu conteúdo.
    Por outro lado, e como diz o Jumento desde ante-ontem, os do cds já tinham também conhecimento de tudo acerca dos ditos sms e por isso falavam descaradamente acerca de “mentir”ao Centeno. Os sms andavam já por tudo o que é jornal e bufaria política a partir do bufo lobo. De tal modo se deve ter sentido incomodado com a bufaria reveladora de sua própria miséria de carácter que resolveu dar notícia ao próprio Marcelo num acto de escapulir-se, desse modo, fingindo ser um acto de um conselheiro de Estado.
    O lobo cão de guarda da pior velhacaria que por aí anda à solta e o seu amigo camarada banqueiro domingues sonso, viram neste assunto a emboscada adequada para ferirem de morte o governo da geringonça mas, as suas actitudes são tão vis que vão muito para além de “denunciantes premiados” pois se armaram e actuaram como perfeitos tratantes bufos: uma imensa bosta de mau cheiro e miserável bufaria.
    Certamente, espero, que os portugueses lhes façam sair o tiro pela culatra e a bala lhes sirva de clister.

  3. Como é evidente para a pessoa comum. Mas o PSD tem-se mantido escrupulosamente fiel ao guião “tudo o que puderes fazer para descer nas sondagens, faz”, de modo que, pesando bem as coisas, a esquerda só pode agradecer esta entrada fulgurante do Lobo Xavier na conhecida produção SIC/Expresso/PSD “novela Caixa” (arrastando consigo o Marcelo, que realmente, não se enxerga).

  4. Olinda: As mensagens não interessam para nada. Fazem parte de jogos negociais onde apenas cada um sabe o que tem em mente.

    José Neves: O António Domingues é que lhas passou, concordando com a utilização que Xavier lhes iria dar. Pouco inteligente vir armar-se em vítima, sabendo nós que ele já sabia dos obstáculos às suas exigências.

  5. Ouvi, há dias, na SIC Notícias, José Gomes Ferreira dizer que o que estava por detrás de toda esta berraria seriam, afinal, enormes pressões de grupos económicos junto de todas as instâncias do Estado, Governo e presidente da República incluídos. E isto devido ao facto de as famosas imparidades obrigarem a corte ou redução de crédito. E até citou o nome de um desses grupos. Só me espanta que ninguém fale nisso. A ser verdade, é gravíssimo. A Direita está desesperada, não só devido aos êxitos da Geringonça, mas ainda pelas sondagens recentes. Mas o que parece ser mais importante para essa gente seria a oportunidade de impedir que a Caixa recupere.
    Não tenho consideração por J. G. Ferreira nem agora pela SIC, reduzida a canal PSD manipulador, apesar de alguns bons jornalistas que lá trabalham. Porém acho estranho que ninguém fale das tais pressões dos grupos económicos , a mais forte razão desta gritaria.

  6. Penélope, institucionalmente o caso é pior ainda: segundo reza uma crónica da edição do P. em papel, o de ontem, foi o próprio Marcelo Rebelo de Sousa quem quis falar com o Lobo Xavier depois de o ver agitado na Quadratura do Círculo na SIC Notícias a ameaçar que tinha as escutas. E este passou-lhas, assim sem mais nem menos. Só visto!

    ____

    Valupi, o Jumento parece que lançou mesmo uma OPA à troupe do Aspirina B.

    «e como diz o Jumento desde ante-ontem», depois do jpferra há dias hoje quem o diz é o José Neves no seu estilo inconfundível. Zé escopião a.k.a. José Neves a.k.a. existe um Zé qualquer que, há tempos, vi a perorar no Jugular também com o mesmo estilo e (des)propósito.

    «domingues sonso», wow.

    «actitudes são tão vis», repara, Valupi, na colocação musical deste cê e diz-me lá se este homem não é um clássico?

  7. Quanto mais a Direita berra mas a sondagem emperra.
    De berreiro em berreiro … PSD e o CDS vão a caminho do atoleiro !.
    O povo está farto deste barulho à roda da Caixa, e está farto de os topar. Traidores à pátria !

    Mentirosos são eles !
    O governo mais mentiroso e traidor de que há memória.
    Querem falar de um ministro das finanças mentiroso ? vão chamar a Miss Swaps !

  8. «De berreiro em berreiro … PSD e o CDS vão a caminho do atoleiro !», depois do estilo clássico do José Neves não posso deixar de observar que passeia pelo Aspirina B, também, algo de antropológico nesta incursão de uma das mais ilustres leitoras do blogue pelas festas e romarias deste país. Senhora do Atoleiro, foneticamente indicia que existe um culto pagão qualquer… Ou então tratar-se-á de uma vulgata da doutrina marxista parecendo que lhe surgiu à frente um militante comunista exaltado, aparentemente residente na margem sul do Tejo. PCP! PCP! PCP!

    Bravo Jasmim em qualquer dos casos, como diria o outro.

  9. segredos políticos, Penélope? se forem, desta feita, para o bem comum interessam tudo. quero com isto dizer que segredos – e jogos – não é suposto haver.

  10. Se António Domingues andava tão aflito com a sua exposição aos media, por que então agora anda a pôr
    os ditosos SMSs à vista dos tablóides?! O PSD, que tanto se viu a labutar para o derrubar da CGD, foi entretanto perdoado das suas ofensas ao clã Ulrich (se a ingenuidade nos der para em tanto crer) e até já conseguiu ter acesso aos SMSs. Por intermédio do grande amigo Lobo Xavier, nem mais.

    Mas que novela tão mal escrita. O que todos estes homens parecem querer, acima de tudo, é prejudicar a CGD.

    O que eu sei é que o Lobo Xavier é o Vice Presidente, e Fernando Ulrich o presidente não executivo, de um BPI dominado por espanhóis. Um BPI que irá ser um dos principais pólos de concorrência à CGD, no futuro imediato. A credibilidade destas pessoas, neste assunto, encontra-se manchada por óbvio conflito de interesses.

  11. O ANTÓNIO DOMINGUES QUERIA MAMAR MAS COMO A TETA DA VACA ESTAVA SECA ACABOU A MAMAR NA TETA DA BURRA QUE MAIS SECA ESTAVA.
    QUANDO NÃO SE É UM BOY DOS JOBS É UMA DESGRAÇA
    R.I.P. ANTÓNO DOMINGUES
    R.I.P. INVESTIDORES/DEPOSITANTES DA CGD

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *