“Don’t worry, be (very) happy” – gozar que nem um danado

 

Dá bem para perceber que Vladimir Putin anda radiante e muitíssimo descontraído com a palhaçada que ajudou a instalar na Casa Branca. Sempre pronto a desculpar Trump, como aliás este faz em relação a ele, Putin (e também Lavrov) não perde uma oportunidade para gozar “o pratinho” e mostrar-se acima das preocupações do resto do mundo civilizado.

Como é que esta inusitada “entente” entre o par de jarras mais grotesco e perverso da história política da humanidade pós-segunda grande guerra vai pacificar o mundo e torná-lo mais justo, próspero … e de preferência e literalmente mais respirável é o que está por demonstrar e provavelmente está-lo-á para a eternidade, e esperemos que esta não seja interrompida por uma trágica e fatal mudança de humor. Trump não bate bem da bola.

Para já, cheira-me apenas a grandes negócios em proveito próprio e de um círculo restrito de personagens na América, que representam o que de mais ignorante e retrógrado por lá existe entre os ricaços, a uma enorme e suspeita tranquilidade da parte do ditador russo, enquanto, a nível interno e como exemplo para o mundo, continuam a ser convenientemente eliminados, por fantasmas certamente, jornalistas e críticos diversos ou adversários políticos do sinistro Vladimir, ou seja, por lá continua a ser “Как обычно” (“business as usual“, diz-me o Google), e isto não pode deixar de lhe ser referido sem gozo.

A benevolência, o companheirismo:

“Eu não julgarei Trump, porque foi o Presidente (Barack) Obama quem tomou estas decisões. Talvez o atual Presidente considere que estas não foram devidamente pensadas. Talvez pense que não existam os recursos necessários”, declarou Putin no Fórum Económico Internacional de São Petersburgo (a propósito da decisão do presidente Trump de abandonar o acordo de Pais sobre o clima).

O gozo:

“Aliás, nós devemos ser gratos ao Presidente Trump. Hoje, dizem que inclusivamente nevou em Moscovo. Aqui (em São Petersburgo) está frio e está a chover. Agora podemos sempre culpá-lo (Trump) e ao imperialismo norte-americano, que sempre tem a culpa, mas não vamos fazê-lo”, brincou.

“Don’t worry, be happy”, disse o presidente russo em inglês no final da sua intervenção.

15 comentários a ““Don’t worry, be (very) happy” – gozar que nem um danado”

  1. <eu também rio que nem um danado com este post colocado por uma criança de 9 anos.
    Tão nova e já tão doutrinada, deve ser superdotada.

  2. cheira a negócios em proveito próprio ? atão , pq carga de água o putin e o trump seriam diferentes do resto dos governantes do mundo ? a china é que vai tornar o mundo mais justo e mais pacífico quando exportar o modelo para lidar com políticos , banqueiros e ceos corruptos ….

    assinado : rainha de copas :)

  3. Diz-me a observação científica que o americano médio é burro e ignorante, ao contrário do americano sofisticado, que é ignorante e burro. Tenho, porém, por adquirido que um e outro partilham um arreigado primarismo russófobo, herdeiro dilecto do primarismo anticomunista de Joseph McCarthy e outros brilhantes génios mononeuronais.

    Por isso, admitir que, bombardeadas meses a fio, 25 em cada 24 horas, pela propaganda do mccarthyismo clintoniano que lhes jurava a pés juntos ser Trump um insidioso agente sovieto-putinista, tão primárias e pavlovianas criaturas seriam ainda assim capazes de lhe confiar alegremente a Sala Oval e arredores, bueno… é areia a mais, mesmo para as avantajadas dimensões da minha camioneta. Ateu irreciclável que sou, mais fácil seria para mim acreditar nos prodígios da Virgem dos pastorinhos.

    E nem queiras saber, novamente loura Penélope, os arrepios que me percorrem a espinha quando ouço o grão-mafarrico do Kremlin apelar à calma, ao diálogo construtivo e ao trabalho conjunto na questão do Acordo de Paris, enquanto enche os depósitos dos tanques para a blitzkrieg até ao cabo da Roca. Que horror! E o canhão da Nazaré, senhores?! Já imaginaram as nossas ocidentalíssimas ondas gigantes a rebentar em cirílico? E o McNamara forçado à guerrilha, ao maquis? ASSUSTADOR!

  4. Estou no grupo de esclarecidos de Joaquim Camacho.
    Leio, ouço, penso e entendo o que passa no Mundo da ideologia/propaganda .
    So, I don’t worry. So, I am happy.

  5. A Russia e um estado falhado governado por bandidos. Ha mais de um seculo que e incapaz de competir com o Ocidente, so o faz com batota, seja no desporto, seja na politica seja no que for, o resto e propaganda barata para saudosistas .Putin é só o novo guarda do Gulag, assassina opositores, censura a liberdade de expressão e da o controle dos sectores produtivos aos amigos. Um pulha.
    Este sorriso é amarelo, o gajo sabe que quando Trump for corrido não terá nenhum apoio em lado nenhum. Dead man walking.
    https://www.thelocal.se/20170601/sweden-in-nato-would-be-threat-to-russia-putin

  6. Uma anedota ucraniana

    2 russian chairs are dining at a restaurant. At one point one of the chairs calls the waiter:
    -Hey waiter, can we have the bill please?
    -Don’t worry about it your meal is free!
    -How come?
    -Have you forgotten, you’re in chair-no-bill!
    (Chernobyl)

  7. Mais um doutrinado, como eu gozo, o único pais capaz de dizer não frente a esta globalização é um estado falhado governado por bandidos, ah como eu gozo, então o que dizer dos países europeus que se urinaram todos quando Trump ameaçou que tinham de pagar pela fisga.

  8. Ó estrume, a Rússia é um estado falhado, com 17% sobre o PIB de dívida pública, 5% de desemprego e 12 biliões de excedente comercial, IRS a 13%, IRC a 20 e IVA a 18%%? Então Portugal é o quê?

  9. Um estado falhado sem o qual a América se veria à rasca para pôr satélites (nomeadamente satélites espiões) em órbita, transportar astronautas para a Estação Espacial Internacional e outras trivialidades sem importância:

    https://www.nytimes.com/2015/06/04/world/europe/pentagon-seeks-easing-of-ban-on-russian-rockets-for-us-space-missions.html

    https://www.defensetech.org/2015/06/26/pentagon-will-rely-on-russian-rocket-engines-for-years/

    https://www.wsj.com/articles/pentagon-raises-new-concerns-about-ending-use-of-russian-rocket-engines-1465190943

  10. Eheh La vem a dupla do pop facho Lucas G. & Kid Gaspacho.

    De uma coisa podemos estar certos um post sobre o Putin aqui é capaz de congregar mais fascistas e totalitarios saudosistas que alguns comicios do PNR .
    O covfefe; confundem estado falhado com estado falido:) Fake.

  11. Estrume, fascista é quem pontapeia a democracia, com maningancias entre jornais de propaganda e serviços secretos, incriminando propostas políticas aprovadas em eleições livres.

  12. Vê lá se sais do armário, arranja outra converseta que esse vacuo já não impressiona ninguém. Apoias todo o ditadorzeco que aparece por aí e chamas-lhe alternativo, depois falas em democracia enquanto com uma mão lês a biblia e com a outra esfregas os colhões com o facho. Fica-te com o de Santa Comba Dão que era mais light, não te metas em drogas duras que não tens cabeça para isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *