Olhe, não parece mesmo nada

Há uns dias, Cavaco Silva dizia-nos que estamos da iminência do que, em futebolês, se chama uma “chicotada psicológica”: “a chegada de um novo presidente pode ter o efeito, quer se queira quer não, da chegada de um treinador novo”. É que “às vezes, a equipa não é má, mas precisa de um novo treinador”, com direito, presume-se, a ditar a táctica, substituir elementos, exigir reforços, etc.
Agora, Cavaco tentou tranquilizar-nos: “conheço muito bem as competências do Presidente”. Escasso valor terá esta garantia, vinda de alguém que parece, como na altura realçou Vital Moreira, incapaz de distinguir as competências do árbitro das do treinador.

11 comentários a “Olhe, não parece mesmo nada”

  1. Esta conversa das competências do presidente já começa a enjoar.

    Acusem lá o Cavaco de qualquer coisa mais concreta.

    De qualquer forma: as competências constitucionais do presidente são certamente minúsculas. Mas, se nós estamos a ter tanto trabalho para eleger um presidente, não deveria ele servir para mais alguma coisa? Não será a constituição que está errada?

  2. Dentro das suas minúsculas competências, Sampaio lá nos conseguiu salvar de Santana Lopes. Só por isso já vale a pena o trabalho da eleição.

  3. Começo a perceber porque é que nem na sua declaração de candidatura, nem no seu manifesto eleitoral, o Louçã nem uma única vez sequer mencionou a Constituição da República Portuguesa.

    Será que tal como o Luís Lavoura, também ele se interroga se a Constituição não estará errada?

  4. Voltámos ao primeiro hit da campanha, Margarida? Agora é pecado sugerir que há coisas a melhorar na sacrossanta constituição?
    E que temos nós a ver com “o Louçã”?

  5. Afinal em que é que ficamos? Primeiro pergunta: “Não será a constituição que está errada?”, e depois: ”
    Agora é pecado sugerir que há coisas a melhorar na sacrossanta constituição?”

    Entretanto, e porque sugere/questiona que nada tem a ver com o Louçã, pergunto-lhe se foi o mesmo Luís Lavoura que postou este comentário no Quadrado: “Mas que tem a Yvette conta a Bica do Sapato? Ou que tem ela contra o facto de o prof. Louçã (supostamente) costumar lá ir almoçar? Tel algum mal almoçar-se na Bica do Sapato? Enviado por Luís Lavoura em janeiro 16, 2006 12:14 PM ”

  6. Sim Margarida, fui eu quem postou esse comentário. O que é que esse comentário tem a ver com Louçã? Nada. Tem tudo a ver com a Bica do Sapato (bairro que, diga-se, nem sei onde fique), nada com Louçã.

  7. Já agora, a frase sobre a “sacrossanta constituição” foi escrita pelo Luís Rainha. É favor não confundir Luís Rainha (que eu nem sequer conheço pessoalmente) comigo, Luís Lavoura

  8. Tem razão Luís Lavoura, e peço-lhe desculpa com a confusão dos nomes, de facto foi o Luís Rainha que é se bem me recordo o Director da Imagem Gráfica da campanha do Louçã que aqui pergunta:

    “Agora é pecado sugerir que há coisas a melhorar na sacrossanta constituição?
    E que temos nós a ver com “o Louçã”?

  9. Boa tarde Jose9!Podere1 utilizar no trmataento de sementes 10 ml/kg de sementes, o manejo e9 simples mas e9 necesse1rio conhecer o volume das sementes e aplicar na quantidade certa, embora seja uma quantidade pequena, a mesma e9 o suficiente para untar as sementes pois o produto e9 riquedssimo em aminoe1cidos, e1cidos graxos e hormf4nios enraizadores, protegem as sementes e fornecem nutrientes essenciais para o desenvolvimento radicular fazendo com que a germinae7e3o seja eficiente. Apf3s colocar o produto, devere1 misturar bem podendo ser em uma lona ple1stico ou tambor rotativo, deixar secar a sombra por 20 minutos e efetuar o plantio normalmente.Caso utilize outros produtos como inoculantes, fungicidas ou inseticidas podere1 utilizar normalmente sem restrie7f5es.Para e1reas onde a pastagem ja estejam instaladas utilizar Amino peixe Pastagem 3lt/ha, este um produto que ale9m de Aminoe1cidos, contem macro-micro nutrientes e N e P que vai facilitar o desenvolvimento radicular e conseqfcentemente o perfilhamento e a produe7e3o de massa verde.Qualquer dfavida, podere1 entrar em contato conosco.Atenciosamente, Ana Renata

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *