Passos arrasa o CDS

O deputado Passos Coelho declarou hoje que o PSD se absteve na votação do orçamento rectificativo porque

Não usamos matérias relacionadas com a estabilidade do sistema financeiro e com a estabilidade que é necessária ao crescimento da economia e à criação do emprego para fazer desforras políticas”.

Registe-se este súbito (e falso) arrependimento do tipo que em 2011 chumbou o PEC com o objectivo de derrubar o governo. Dada a merda que o governo dele fez com o Banif, impossibilitar agora a solução para o banco seria uma espécie de hara-kiri político do ainda presidente do PSD.

Registe-se, sobretudo, a acusação implícita que Passos Coelho faz ao CDS, que votou hoje contra o orçamento rectificativo. Já sabíamos que Portas é menino para desforras políticas à custa dos interesses do país, mas dito por Passos Coelho tem mais graça.

2 comentários a “Passos arrasa o CDS”

  1. julio, desculpe a deriva.como é natal vou pôr cavaco silva a falar de socrates.”prefacio dos roteiros de 2008/2009. dizia: tenho que dizer com seriedade que portugal está melhor,na medida em que a taxa de crescimento económico é hoje mais forte do que era quando fui eleito. lusa 22 jan.2008.um bom natal para todos os participantes neste blogue.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *