Quem é aquela mulé?

A Susana anda a armar-se. É óbvio que o seu último post é uma vil intromissão no pelourinho que me foi atribuído na última Assembleia Geral do Aspirina B que teve lugar na piscina da Soledade (marcaram presença o Valupi, o Fernando, a Susana, a Soledade e mais uma centena de heterónimos muito giros que falavam todos da mesma maneira e que diziam todos muito bem uns dos outros). Isto, como é óbvio, irá ter consequências graves no regular funcionamento deste blogue em putefracto estado de HTMLização. Para já, para além de aqui anunciar publicamente que fui EU quem mostrou pela primeira vez à Susaninha a genialidade dos Buraka Som Sistema, deixo aqui o vídeo de «Wawaba» que, não por acaso, é há mais de meio-ano o toque do meu telemóvel. Tipo picolê.

28 comentários a “Quem é aquela mulé?”

  1. foi só para te castigar por teres cortado um bocado da minha sesta para fazeres um post.

    estes gajos são uma bela sopinha. a música da lata da fernanda abreu é que também tem um som que por vezes coincide com este.

    o toque do teu telemóvel é que me ensinou? pf.

  2. Isto é kuduro progressivo: uma magnífica amálgama de kuduro, funk carioca, uk garage, 2-step com uns pinguinhos de drum & bass. E não há nenhuma música que represente de forma tão genial o magnífico caldeirão cultural que faz de Lisboa uma cidade fascinante. O Museu Berardo é peanuts comparado a isto.

  3. sim senhor
    isto é um amendoim filosofiamente profundissimo. Acho que deviam ir todos de excursão tocá-lo de telémovel para junto dos montes de entulho das barracas dos desgraçados que vêem as casitas serem demolidas pela oligarquia de Luanda

  4. Xatoo: que tu gostes de tocá-lo junto de montes de entulho é um pormenor da tua vida privada que dispensava de saber (verborreiazinha danada a tua, não é filhote?). Enfim, cada um se entretem onde, quando e como pode. E eu respeito-te muito por isso.

  5. Parece que o primo picou-se. Antes a “verborreia” do xatoo que a merda dos videoclips batidos que tu postas.
    Ler os teus posts inanes é como assistir a gravações de há 3 meses da MTV2.
    E isto já para não falar da bonecada feita no paint mais as fotos dos brinquedos que colaste no monitor.

  6. LOL.

    João: nem imaginas como é divertido ler comentários lúcidos e cobardes como o teu. Só há uma coisa que não admito, meu analfabeto funcional: é que digas que faço bonecada no paint (eu só utilizo o Word, caralho!).

    E não te esqueças nunca de pensar em mim sempre que estiveres sentado no sofá com a tua saia de bombazine a ver e ouvir pela primeira uma «novidade» na MTV2: é bem provável que eu já ande com essa musiquinha há três meses (eu explico: 6 – 3 = 3) no meu telemóvel.

  7. Primo, quando é que voltamos à piscina da Soledade? Podíamos levar estes amigos connosco. Até ela se iria render e dar um pezinho de dança, que eu bem sei.

  8. “Goste-se ou não” quer dizer o quê?
    Da música?
    Da banda?
    É por serem pretos?
    Já agora: “banda portuguesa” escreve-se com minúsculas. Com p grande é o hino.
    E a Buraka é ali ao virar da KRIL, quem vai para o IKEA.

  9. Actuaram no dia 30 no mês passado no prestigiado Glastonbury Festival,no Roskilde Festival, passaram a 14 de Julho, no Exit Festival Novi Sad, na Sérvia, dia 21 de Julho e em Agosto já há por aí mais umas datas marcadas… e por vontade de alguns nem deviam ter saída da Buraka. O sucesso de alguns incomoda sempre tantos outros.

  10. não me incomoda o sucesso deles. nem deles nem do tony carreira por exemplo.
    a única coisa que me preocupa é a tralha sonora.

  11. Há sempre uns pequenitos que não têm jeito para nada para além de dizer inanidades acusando os outros do mal que padecem. É mais fácil ser mediocre que ter dois dedos de testa.

  12. Costa
    Que fino recorte literário querido. Nunca te desfaças dessa jaqueta blasê, de tua propriedade exclusiva, privadíssima, única; estou até a pensar enviar-te uma gotas de solarine para os botões amarelos. Fazes bem amor, em só te preocupares com aquilo que te faz comichões na pachacha, e não largares piu sobre inanidades que afectem as coisinhas colectivas da sociedade. Ora vai lá pôr a açaimo e volta aqui para levares uma ensaboadela. E trata de não vires de dentuça em riste, senão vou chamar a Zazie, que ela é que é especialista em tratar de rafeiros.

  13. Epá, realmente não tenho jeito para isto. Era ao “joão” que me referia, pela verborreia caceteira que te dirigia.

  14. Não querias mainada, ó Xatoo, eu não trabalho à borla.

    Com estes marranos rabetas só de galochas e caçadeira de canos serrados.

    Atira-lhes com livrinho vermelho ao traseiro, que sempre talvez dê variante de rap amarelo por via anal.

    “:OP

  15. que pena que que o bicho ainda não compreenda que a primeira linha escondia uma sugestão para estudar Stirner

  16. A única diferença entre os dois egoístas é que o primeiro estará possesso por uma ideia vazia, ou um espanto, na esperança de que sua ideia o torne feliz, já o segundo, pelo contrário, será capaz de escolher livremente os meios de seu egoísmo e perceber-se enquanto fazendo tal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *