A fonologia é uma disciplina muito útil que, por exemplo, nos ensina que «goraz» é, contra todas as evidências, o nome de um peixe e não um adjectivo

Mais umas cenas à maneira. Desta vez, gostaria de partilhar as minhas três grandes apostas musicais para 2008 (facção indie). Os nova-iorquinos Vampire Weekend são a coisa mais refrescante, inovadora e bem-disposta que ouvi nos tempos mais recentes e o belo vídeo de «A Punk» é da autoria de um dos meus realizadores favoritos: o grande Garth Jennings da Hammer & Tongs. Os The Mae Shi são de Los Angeles e, sinceramente, não vejo como poderão deixar de ser das bandas mais relevantes de 2008. Não é por acaso que o vídeo de «Run To Your Grave» é semelhante ao dos Vampire Weekend: só mesmo o fast forward para captar toda a energia e a criatividade destas duas bandas. Finalmente, as Those Dancing Days vêm da Suécia e, para além de terem a vocalista mais gira do planeta, também são capazes de fazer coisas tão viciantes como este «Hitten». Eu gosto muito do vídeo: são as brincadeiras infantis, os grandes planos que me paralisam a espinha e, claro está, aquela comovente e absolutamente inesperada recriação da capa de um dos discos da minha vida. Não dá mesmo para acreditar é na pinta daquela vocalista.


11 comentários a “A fonologia é uma disciplina muito útil que, por exemplo, nos ensina que «goraz» é, contra todas as evidências, o nome de um peixe e não um adjectivo”

  1. claudia,
    Vejo-te em apuros e posso ajudar. Fiz uma longa meditação/recolha que me iluminou nesse assunto. JPC já não tem espinhas, para mim. Eu explico. Segue o meu raciocínio.
    A fonologia é uma disciplina muito útil que, por exemplo, nos ensina que «goraz» é, contra todas as evidências, o nome de um peixe e não um adjectivo. Mas, por outro lado, o alho congelado seria uma invenção perfeita caso os respectivos saquinhos fossem, de facto, herméticos e não empestassem os restantes géneros alimentícios do meu sempre refrescante congelador. De qualquer forma, colocar um aquecedor debaixo da minha secretária é, para já, a melhor ideia que tive em 2008 (mas ainda estamos em Janeiro, né). Por isso procura-se post, que seja like a rolling stone, tenha abelhas, Paris e muita fruta. Mas atenção. For my opening line, I might try to indicate my state of mind: Ticha, trate-me por Ticha.
    Vês como a vida é tão simples? JPC está certo. Nós e que complicamos.

  2. tu ficas com a vocalista sueca e o valupi fica com a menina do sintetizador. eu posso ficar com os instrumentos, para vender no e-bay, porque os rapazes ocupam demasiado espaço.

    música: só gostei mesmo dos the mae shi. começa muito muito bem e acaba maravilhosamente, ainda por cima. a de cima ouve-se. a da banda sueca é uma ganda xaropada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *