O que fará a direita na oposição?

Nos últimos dias, os comentadores espalhados por tudo o que é órgão de comunicação social têm estado entretidos a analisar todos os cenários possíveis e impossíveis relativos ao futuro do PS. E não há cenário em que o PS não tenha um fim trágico. Pouco importa se vira à esquerda ou à direita, o que interessa é que o António Costa está a levar o partido para o abismo.

Percebe-se que dediquem todo o tempo de antena de que dispõem ao PS e que, apesar dos mais recentes acontecimentos, não discorram muito acerca do futuro da direita. Não deve ser fácil, para estas mentes brilhantes, imaginar um cenário em que o futuro da direita passe, por exemplo, por liderar… a oposição. Mas, se calhar, é melhor começarem a dedicar uns minutinhos a esse desagradável assunto.

Confesso que tenho muita curiosidade acerca do que farão o PSD e o CDS na oposição, com ou sem Passos e Portas. Sabemos que são partidos de gente séria que só pensa no que é melhor para o futuro do País. Mas será que voltam à conversa que tinham antes das eleições de 2011, que isto só lá vai com cortes nas gorduras e que há limites para os sacrifícios exigidos a este pobre povo? Ou, pelo contrário, coerentes como toda a gente sabe que são, vão berrar por mais austeridade, mais cortes de pensões e salários e, enfim, tudo o que for necessário para que não se desperdice o esforço feito nos últimos 4 anos? Talvez em breve nos esclareçam as dúvidas.

43 comentários a “O que fará a direita na oposição?”

  1. Muito positivo é acabar o absurdo ,de ter partidos que legais ,concorrem as varias eleições e se recusam ou aceitam o papel de serem contra tudo e agora se mostram disponíveis para mostrarem o que valem pela positiva. Espero que os líricos demorem muito a tomar conta do aparelho de estado, dando tempo para que se a governação for má(tenho muito receio disso), se dissolva a AR, ou se chame as “instituições” para que reconduza a sensatez, antes de mais derrapagens heróicas para o abismo.

  2. É tudo conversa mole, no abismo está o País pela incompetência
    da maioria que está de partida! Hoje, todas as áreas da governa-
    ção estão piores desde, a Saúde, Justiça, Educação, Economia ape-
    sar dos “milagres” da santinha da Horta Seca, e por aí afora!
    A dívida cresceu mais de 30%, o património está reduzido à expres-
    são mais simples com as privatizações e concessões feitas a esmo
    sem um propósito explicado como no caso do Oceanário, tudo
    vendado ao preço da uva para os amigos ( espera-se que o Minis-
    tério Público venha a investigar estes casos recentes)!
    Sim é verdade, ganharam as eleições mas sem maioria e a rejeição
    de mais de metade dos votantes, falta averiguar se houve ou não
    algumas “chapeladas” há zonas do País muito afeitas ao caciquismo
    e nem deixam os da oposição chegar ao pé dos votos!!!

  3. J. Madeira
    21 DE OUTUBRO DE 2015 ÀS 18:39

    Sure, sure….o país precisa é de gajos trabalhadores, armados de foice e martelo…

  4. Para muita gente (apenas 20% dos portugueses recenseados!!!), voltámos ao 24 de Abril de 1974, só faltando ilegalizar os partidos de esquerda.
    Quem é de esquerda é desprezível e não deve contar para a resolução governativa do país.
    Já quem é de direita, é responsável, patriota e acima de qualquer suspeita.
    Não tarda teremos, de novo, a máxima: Deus, Pátria, Família e o retrato do Passos em todas as escolas e serviços públicos.
    Já a policia politica pode ser reactivada, com a disponibilidade que o ex-pide de Belém vai ter!

  5. Gostaria de ver um governo de coligação á esquerda, mas não acredito que vá acontecer o PCP não se vai comprometer por quatro anos e as conversações vão acabar em nada. Isto é o que penso. Quanto aos comentários sem sentido e delirantes dos direitolas e aqui há alguns exemplos só me fazem rir.

  6. A Direita na Oposição vai presa, vai tudo para o xilindro de Évora e afins.
    Mas antes disso a Direita vai ter de pagar multas pelas incompetencias e patifarias diversas que andou, e anda, por aí a cometer, exemplo …multa por não terem apresentado o Orçamento em Bruxelas!

    Et vive lá France !

  7. Ainda vamos ver a deputada Mortágua perguntar ao Costa porque amandou o País contra a parede.

    Vai fazer gaguejar o Costa como fez com aquele da TELECOM.

  8. O que fará a direita na oposição???? Por mim, podem emigrar ou então ir todos para a puta que os pariu. Também ficava contente com um campo pequeno.

  9. Caro estagiário Invisual, o que o País precisa é de gente séria e
    competente que, saiba considerar os seus concidadãos e, não
    invoque a tradição para continuar a servir-se do bom Povo !
    ( para além, das foices e martelos … umas espingardas não seria de desprezar)

  10. opá na oposição vão fazer o que já fizeram, vão manter o PS sequestrado com a eterna operação marquês ao mesmo tempo que tentam por todos os meios possíveis sabotar uma eventual coligação à esquerda. propaganda e mais intoxicação… é essa a única estratégia que conhecem. e esperar que o prof martelo tome posse para virarem tudo de pantanas. o relvas foi reciclado pelas TVs e está de volta. é o milagre do sequestro dos media a que o PS assiste indiferente.

    campónio a direita será governo com a ajuda do pulha de boliqueime, é verdade, mas ainda nos falta saber por quantos dias. por isso é melhor voltares a apertar a braguilha que o portas ainda demora.

  11. Com o socialismo na gaveta, com o comunismo na gaveta, e o bloco adoptar à vontade, podemos dedicar-nos a importar refugiados para passar o tempo.

  12. Será que é desta que o facilitador do Relvas vai finalmente acabar a licenciatura? E o aldrabão que andou a convencer o Rio para a corrida a Belém. Será que é desta que o homem do norte ouve finalmente o chamamento? Que sede…

  13. Se os “esfaimados” do PS , a ditadura do proletariado e a esquerda caviar chumbarem o programa do Governo, deverá ser designado governo de gestão até se poderem fazer eleições …
    Ao Povo em 4 de Outubro não lhe foi perguntado se queria no poder este albergue espanhol da bancarrota !

  14. Nestas eleições quem ganhou foi uma coligação que tinha um programa que sufragou.
    Em concorrência com essa coligação concorreram partidos, cada um com o seu próprio programa, que obtiveram cada um deles menos votos que o vencedor. Ora a Constituição diz que o PR deve indigitar o 1º Ministro em função dos resultados eleitorais e estes deram a vitória à coligação, portanto, devem ser estes a formar governo. No boletim de voto (pelo menos no meu) não havia lá força nenhuma concorrente chamada “Maioria de Esquerda”; quem não concorre não pode ganhar eleições, a isto chama-se democracia e cumprir a Constituição, porque esta não pode ser só chamada quando convêm e quando não convêm manda-se às malvas.
    Depois quando a Assembleia estiver constituida, então a tal maioria de esquerda pode agir e chumbar então o programa de governo, e aí o PR só lhe resta como alternativa convocar eleições para quando for possível mantendo em funções de gestão o governo empossado. Isto é democracia e cumprir a constituição. Para as próximas eleições então pode vir lá essa “Maioria de Esquerda” coligada e se ganhar as mesmas então passa a ter toda a legitimidade para governar.
    O que o PS, o BE e o PCP tem andado a fazer é uma golpadazita com o fim de usurpar o poder…. Isso não é democrático nem constitucional….. é baixeza…. é FILHA DA PUTICE QUE O PS PAGARÁ CARO !

  15. Quando se trata da direita conquistar o poder lá vem a conversa do costume, a estabilidade, a governabilidade… Caso seja o PS, este que se amanhe sozinho e esteja preparado para o ataque da matilha (vulgarmente conhecida por coligação negativa). Faz lembrar a conversa dos economistas (esses grandes magos dos tempos modernos) sobre Portugal: quando as notícias sobre a economia mundial são boas mas os seus efeitos tardam a chegar aos portugueses lá vem a explicação – Somos um país periférico e coisa e tal; quando as notícias são más e a borrasca chega no dia seguinte, lá vem a explicação – Vivemos numa economia global e coisa e tal. Ora sebo.
    Portanto, o PS deverá ser oposição… responsável e trabalhadora. Trabalhar para os portugueses e publicitar esse trabalho sem qualquer tipo de complexo. Fazer política que sirva os cidadãos, com coragem e convicção. À restante esquerda compete-lhe fazer o mesmo. A direita não tem maioria? Paciência…
    O PS deverá igualmente arrumar a casa e prescindir duma quantidade considerável de notáveis (se fosse no PSD seriam barões) que não se percebe muito bem o que defendem nem quem representam. Já agora, Vieira da Silva seria um excelente Presidente da Assembleia da República. Ferro Rodrigues não deveria estar tão preocupado com o seu nome na história.

  16. ó zeca, a direita se não fosse coligada, o ps era o partido vencedor. as contas fazem-se no parlamento.aí é que se vê quem tem condiçoes para governar.só no futebol a paixão se sobrepõe ao racional .uma pergunta: o que vais perder com a governaçao ps? o teu pai vai para o desemprego? a tua mãe vai para a rua ? ou os trabalhadores explorados pelo teu paizinho vão ter mais direitos e isso incomoda-te? estou com esta conversa,e se calhar és um teso que não tens onde cair de morto, e andas a viciar o jogo a votar na direita,que nada te dá!

  17. angelo tem razaõ. os economistas na sua maioria são uns chulos ao serviço dos empresarios.quando as coisas estão a dar, recebem dinheiros por fora,quando a europa está em recessaõ,despedem trabalhadores. quanto a ferro rodrigues,devia perceber que já está esgotado a sua participação no parlamento.não esquecemos o seu passado,mas o futuro é dos novos.vê-lo bater uma sonecas no parlamento é deprimente.é preferivel vê-lo no governo,onde pode ser muito util.nota: tem que haver renovaçao no grupo parlamentar do ps. parece o partidos dos já reformados!

  18. O que vai fazer a direita na oposição? Nada!
    Esperar apenas, sentada e “sugadinha” que os avençados, amersendados nos “mirdia” aplainem o caminho para a maioria absoluta. Com o avisado conselho do patriota Barroso, está bem de ver.
    O Costa se resistir a tudo que o espera será um HERÓI!

  19. portas na oposiçao,vai para o tarrafal de submarino! já deve andar preocupado,pois esse negocio não pode cair em saco roto!

  20. Fora do ponto, mas deixo uma curiosidade que não consigo ver satisfeita: levantado o segredo de justiça na Operação Marquês, nomeadamente para os “assistentes”, já alguém soube de algo que concreto que fundamente as acusações a JSócrates ?

  21. Está em marcha: se o PS pensava que era só o Sócras que estava eternamente no banco dos réus – sem ser formalmente acusado de nada – abram a pestana! É o PS todo que vai ser envolvido neste processo kafkiano. E ainda há de chegar ao Costa ou ele não falava ao telefone?

    O Carlos Alexandre e o Rosário Teixeira não têm mais nada que não sejam escutas truncadas.

    http://www.dn.pt/portugal/interior/socrates-suspeito-de-usar-exassessores-para-negocios-4847361.html

  22. Alguém sabe do telefone do Álvaro Beleza, gente? Uma intervenção cirúrgica, puxa! Talvez com uma maconha da botica do Tozé aí nas Caldas da Rainha?

    Sousa Pinto falha Comissão Política – fonte: Expresso

    O dirigente socialista, que há duas semanas se demitiu do Secretariado Nacional por discordar de um entendimento com BE e PCP, não vai estar na reunião desta noite da Comissão Política desta noite. Razões de saúde “calam” uma das vozes que mais poderia incomodar António Costa.

    http://expresso.sapo.pt/politica/2015-10-22-Sousa-Pinto-falha-Comissao-Politica-do-PS

  23. 39 anos depois das primeira eleições legislativas, ainda há quem não saiba o que é (e como funciona) a democracia parlamentar …

  24. O resultado de 4 anos de austeridade pela austeridade imposta pelo Governo de direita do PSD/CDS, talvez ajudem a concluir o que eles irão fazer. Quer sejam oposição, quer voltem a ser governo.
    – 7% do PIB
    + 35% de dívida pública (+60 mil milhões)
    – Cortes de salários e pensões
    + brutal e irracional aumento de impostos
    + 400 mil emigrantes forçados
    + 500 mil abaixo do limiar de pobreza
    + 40 mil novos milionários (novos heim !!…)
    + brutal aumento das desigualdades
    – Cortes nos serviços de saúde e educação
    – Venda ao desbarato de empresas públicas estratégicas e lucrativas
    – Um quarto das crianças e idosos passam fome
    – A banca de pantanas
    – A Economia paralisada
    – Em Agosto de 2015, o Estado tinha acumulado uma divida de 21.268,40€ por cada português.

  25. Cala a boca ó CORVO! Deves ter feito essa ponderação enquanto esperavas a «mulher» às cinco horas

    Estes GAJOS querem direitos e direitos e direitos mas TÁ QUIETO contribuír para a produtividade da empresa. Por isso é que as foices e os martelos nunca se partem com estes ESQUERDALHAS! Não são usadas! Vai trabalhar!
    Caramba! que vos deixem governar! Para desaparecerem mais depressa.

  26. Vem este IRRACIONAL «apresentar» «Factos» como se fossem gerados pela Coligação!

    ESQUERDALHAS! É olhar para a história nacional e a universal. O pente com que estes GAJOS se penteiam é sempre o mesmo: o NADA!

  27. Ricky
    22 DE OUTUBRO DE 2015 ÀS 12:48
    Alguém sabe do telefone do Álvaro Beleza, gente?

    Vai ao Galetto, em Lisboa…mas olha que ele não salva ninguém….ele é mais do género de se SALVAR a ele próprio…

  28. Hum…e já agora, se a trampa XUXIALISTA vencer o novo conceito de democracia que está a aplicar, saibam que o próximo ministro da saúde será esse mesmo – Álvaro Beleza…

  29. Cala a pia e não te metas com os senhores, ó fascista!!

    (então, vai e vai?! estás com a mosca ou cheira-te a palha, pá?)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *