Boas notícias para cibermeliantes e criminosos em geral

microsoft.jpg

A Microsoft vai tratar do hardware e do software necessários à Polícia Judiciária, na sua incansável luta contra o cibercrime. Como bónus, ainda vem incluída a “assistência técnica”. Ficam assim assegurados, com a assinatura deste protocolo, quatro anos de relativo sossego para os criminosos nacionais. E anuncia-se a expansão do vocabulário técnico dos agentes da Judiciária: em breve este vai incluir novidades como crash, freeze, bug, virus, trojan, system error. Que outros milagres nos trará Santo Bill Gates, nesta sua visita?

4 thoughts on “Boas notícias para cibermeliantes e criminosos em geral”

  1. Antevêm-se dificuldades para o open source em Portugal, fiquei a saber que o Mariano Gago é grande admirador do Bill gates.

  2. JCV tem razão, o “Open Source” fica para trás. O “software” livre já foi adoptado e desenvolvido em muitos países que tentam limitar os custos do monopólio e que aproveitam para desenvolver a sua própria inteligência.
    Há pouco tempo vi um documentário que mostrava que muitas escolas e instituições da nossa vizinha Espanha já se aperceberam das vantagens dos programas “open Source”; basta fazer uns “clics” até aos sítios do Brasil para se ver a aposta em poupar dinheiro criando novas oportunidades de desenvolvimento técnico.
    Como somos um país rico, não fazemos, compramos feito.

    Li por aí num dos sítios portugueses do “open source” a falta de entusiasmo que o ministério (da educação, salvo erro)mostrou perante a proposta de uma demonstração das vantagens do “software” livre. “Os portugueses não gostam de ter trabalho”, disseram à rapaziada que queria fazer a mostra. Nós não temos trabalho e alguém continua a ganhar dinheiro.

  3. Pelo contrário amigos isto é um bom motivo para desenvolver a criatividade lusa, é um grande incentivo a Hackers e crackers. não deixa de ter piada combater o cibercrime com ferrramentas popicias à implantação do mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *