É pá, eu não sou como o Pepe Carvalho, não queimo livros

emmanuelle.jpg

O estimado Raposo respondeu-me finalmente com muitas citações e insinua que eu quero queimar livros. Garanto-lhe que das minhas relações ideológicas só o detective Pepe Carvalho usava a biblioteca para fazer chama. O hábito dos autos de fé era mais para as suas bandas. Já que se deu ao trabalho de citar Leszek Kolakowski, autor dos três volumes sobre as “Main Currents in Marxism”, segue a resposta daqui a uns dias.
Finalmente, a sua ideia de que eu só leio gajos da minha tribo é comovedora. Parece-me que anda muito tenso, aconselho-lhe vivamente a ler este post sobre cenas de sexo na literatura, que a tensão é capaz de lhe passar.

5 comentários a “É pá, eu não sou como o Pepe Carvalho, não queimo livros”

  1. Ná. Acho que é de boa educação responder, mesmo quando o sr. me confunde com o bombeiro do Truffaut. E para além disso gosto de discutir. Está explicado?

  2. …parece-me que essa de “queimar livros” era só para o Marcuse.
    Mas também me parece que o Raposinho leu muito pouco de Marcuse…

  3. Essa de gostar de discutir é uma das qualidades que aprecio em ti… também fico à espera da tua resposta… não desiludas, arrasa…

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *